Em onde-investir / acoes

Saiba por que Warren Buffett não investe em ouro

O megainvestidor acredita que ações e outros ativos têm capacidade maior de gerar valor para o investidor

Warren Buffett com cheerleader - maio de 2012
(Lane Hickenbottom/Reuters)

SÃO PAULO – Diferentemente do megainvestidor George Soros, o magnata do mercado acionário, Warren Buffett sempre deixou clara sua posição contrária sobre investir em ouro. Compartilhando da mesma opinião, o colunista do site Market Watch, Jeff Reeves, aponta as causas dessa aversão com algumas frases ditas pelo oráculo de Omaha.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na bolsa

“(O ouro) é cavado nas terras da África, ou em outro lugar. Então nós o derretemos, cavamos outro buraco, os enterramos novamente e pagamos uma pessoa para ficar em volta guardando-o. Não tem nenhuma utilidade. Qualquer um assistindo de Marte estaria coçando a cabeça”, defendeu Buffett em 1998 em um discurso na Universidade de Harvard.

Com isso, o investidor passa a mensagem de que o ouro não tem uso, somente um valor arbitrário que é definido por nós mesmos. Sendo assim, Reves aponta que o fato do ouro ser raro não significa que ele valha como um investimento, ainda mais para alguém que assim como Warren Buffett está preocupado com estatísticas, como o valor contábil e o fluxo de caixa de empresas.

Entrevistas
O mesmo posicionamento foi reforçado em 2009, quando a rede televisiva CNBC lhe perguntou onde o metal precioso estaria em 5 anos e se ele deveria ser parte de um investimento de valor.

“Eu não tenho ideia de onde ele vai estar, mas o que eu posso te dizer é que ele não vai fazer nada entre agora e depois, exceto olhar para você. Considerando que a Coca-Cola terá feito dinheiro, e a Wells Fargo terá feito muito dinheiro, e terá muito – e é muito mesmo –, é melhor ter um ganso que continue botando ovos do que um ganso que apenas senta e come o seguro, a armazenagem e algumas coisas desse tipo”, critica o megainvestidor.

Desde então, o ouro que estava a US$ 900 a onça troy, teve uma valorização de 45%, enquanto as ações da Coca-Cola e do banco Wells Fargo subiram 100% e 200%, respectivamente, sem incluir os dividendos.

O colunista ainda aponta outra frase dita por Buffett em 2010 ao comentarista econômico Ben Stein. “Você pode ter todo o ouro que já foi extraído e que iria preencher um cubo de 67 pés em todas as direções. Pelo preço atual do ouro, você também poderia comprar – não algumas – todas as terras agrícolas dos Estados Unidos. Além disso, você poderia comprar 10 Exxon Mobils e ter mais um US$ 1 trilhão em sua conta. Ou você poderia ter um grande cubo de metal. Qual você escolheria? Qual vai produzir mais valor?”.

Coincidentemente, nesta semana o ouro voltou para o mesmo patamar que estava quando a entrevista foi realizada, em torno de US$ 1,350 a onça troy. Enquanto isso, as ações da Exxon Mobils já subiram 35%, sem contar os dividendos, e as terras agrícolas continuam crescendo em um ritmo rápido.

E como não é possível prever quais serão os próximos passos do preço do ouro, Reeves se mantém cético com o metal e afirma que Buffett vai continuar sentado na corrida pelo ouro.

 

Contato