Em onde-investir / acoes

Gestor vê bons fundamentos para setor imobiliário, mas monitora com atenção

Fatores como os preços dos imóveis e a expansão do crédito mobiliário devem ser mantidos em alerta

Micro-apartamento pré-montado
(Divulgação/nArchitects)

SÃO PAULO – Ao apontar um cenário macroeconômico favorável para o setor imobiliário, a Gap Asset Management faz algumas ressalvas em sua carta mensal sobre o segmento. De acordo com a gestora de recursos, o quadro favorável se deve à explosão de crédito e ao aumento da massa salarial, o que impulsionou a cadeia como um todo.

“Apesar de ainda enxergarmos bons fundamentos para o setor, monitoramos com maior atenção dados como o potencial recorrente de demanda, os preços de imóveis e a expansão marginal de crédito mobiliário”, diz a carta mensal da gestora.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

Varejo e bancos
Para o setor de varejo, a Gap aponta para um ambiente mais desafiador para o crescimento das empresas, devido às incertezas da economia e à maturidade que alguns modelos de negócios já atingiram. Segundo a instituição, o resultado de desenvolvimento de várias companhias nos últimos anos, com crescimento de vendas e aberturas de lojas, foi obtido com a expansão do consumo e a formalização do segmento.

Por último, a gestora destaca o crescimento da originação de crédito no setor bancário como uma de suas fontes de atenção, mesmo com a redução de spreads e o controle de custos, fatores considerados relevantes no quadro atual. 

 

Contato