Pela segunda vez

Uber perde licença para atuar em Londres

É a segunda vez que a empresa é bloqueada pela capital inglesa. Empresa afirma que vai recorrer.

arrow_forwardMais sobre
Uber
(Shutterstock)

(ANSA) – As autoridades de Londres, na Inglaterra, anunciaram hoje (25) que não renovarão a licença para o serviço de transporte Uber operar na cidade.

A agência pública de transportes de Londres, a Transport for London (TFL), alegou “diversas violações que colocam os passageiros e sua segurança em risco” como justificativa para a medida.

A TFL disse que sua preocupação maior é com uma vulnerabilidade no aplicativo que permite que motoristas não autorizados realizem viagens com passageiros.

PUBLICIDADE

A agência informou ter detectado 14 mil viagens irregulares. Em resposta, a empresa americana disse que recorrerá da decisão, a qual definiu como “extraordinária e errada”. “Nós fundamentalmente mudamos o nosso negócio nos últimos dois anos e estamos definindo o parâmetro de segurança”, garantiu a empresa.

O prazo para recorrer é de 21 dias. Até lá, a companhia pode continuar operando em Londres. Em 2017, a Uber também tinha perdido sua licença para operar em Londres. No entanto, a empresa conseguiu prorrogar que a medida entrasse em vigor.

Invista melhor o seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP.