Expansão

Uber Moto: modalidade de transporte mais barata é liberada para mais 38 cidades do país

Modalidade está disponível desde novembro de 2020 e presente em 45 municípios

Por  Giovanna Sutto

A Uber anunciou, nesta segunda-feira (7), a expansão do seu serviço Uber Moto em mais 38 municípios brasileiros como Limeira e Piracicaba, em São Paulo; Búzios e Cabo Frio, no Rio de Janeiro; Joinville, em Santa Catarina; e Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Na prática, o serviço vai funcionar como um mototáxi: os usuários do app poderão escolher se querem se deslocar de motocicleta por um preço mais baixo do que o do UberX, modalidade tradicional de carro.

Além das cidades citadas, a partir desta sexta-feira (11), o Uber Moto será lançado em localidades do Paraná, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rondônia, Maranhão e Bahia.

A modalidade foi colocada em operação no Brasil em novembro de 2020, em Aracaju, e já está presente em outros 45 municípios brasileiros.

Recentemente, quando a empresa anunciou o fim de seu serviço de delivery de restaurantes, já havia sinalizado para expansão do transporte de passageiros sobre duas rodas.

“As viagens de moto que são feitas pelo aplicativo da Uber têm tido como uso constante os deslocamentos de última milha, o chamado ‘last mile’, interligando os usuários da plataforma a modais de transporte, como as estações de ônibus, trens e metrô das cidades”, afirma Silvia Penna, diretora-geral da Uber no Brasil.

Segundo Silvia, a empresa vem observando que esse trecho mais curto é um tipo de uso muito pertinente para as viagens de moto, “já que muitas vezes o trecho pode ser cansativo para ir a pé e curto para uma viagem de carro”.

Cadastro de motoristas

A empresa ressaltou em comunicado, que todas as viagens feitas com a Uber — incluindo o Uber Moto — contam com a checagem de antecedentes dos parceiros e dão aos usuários a possibilidade de compartilhar com seus contatos a placa, a identificação do condutor e sua localização no mapa, em tempo real.

“Para se cadastrar no aplicativo da Uber e dirigir na nova modalidade, o motociclista parceiro precisa ter CNH com a observação de atividade remunerada (EAR). Entregadores parceiros que usam motocicleta e já estão cadastrados no Uber Eats podem optar por também fazer viagens de Uber Moto”, disse a empresa.

Além disso, a empresa também destacou que a nova modalidade é mais uma opção para os parceiros que já são cadastrados no Uber Flash (que faz entrega de produtos de um ponto a outro) ou Eats (que faz a entrega de produtos de mercado, agora com a Cornershop).

Segurança

Para os usuários que não estão acostumados a andar de moto, a empresa explicou que as viagens de Uber Moto contarão com uma série de recursos de segurança oferecidos, como seguro para acidentes pessoais tanto para usuários quanto para parceiros.

Os condutores do Uber Moto também receberão conteúdo educacional sobre segurança viária, estimulando a direção segura e o respeito às leis de trânsito.

“Todos os parceiros da Uber também passam por uma checagem de identidade via selfie, e, desde o começo da pandemia, uma selfie adicional verifica o uso de máscara”, disse a empresa.

A Uber também contratou um médico para validar um protocolo de prevenção ao coronavírus específico para o Uber Moto.

O trabalho foi realizado pelo médico Alexandre Naime Barbosa, que é chefe do Departamento de Infectologia da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e consultor para Covid-19 da Sociedade Brasileira de Infectologia e da Associação Médica Brasileira.

Entre as recomendações que serão informadas aos usuários e parceiros estão a limpeza de mãos e superfícies da moto com álcool em gel, que os usuários levem seus próprios capacetes, ou que capacetes extras sejam higienizados com produtos específicos e usados com toucas higiênicas — que podem ser fornecidas pelos condutores e reembolsadas pela Uber.

“Elaboramos recomendações com o objetivo de reduzir substancialmente a chance de infecção entre pessoas que usam o serviço”, afirma Barbosa. Ele explica ainda que o uso de máscaras de forma correta segue sendo a medida de prevenção mais efetiva quando a proximidade entre as pessoas é inevitável, como em meios de transporte.

Conheça as futuras gigantes da Bolsa e acelere sua liberdade financeira em um curso gratuito: assista!

Compartilhe