“Acreditamos que o 2T se mostrará muito mais desafiador”, disseram analistas do JPMorgan após os resultados “, inclusive por causa do COVID-19, mas possivelmente também como resultado dos números mais fortes do que o esperado no 1T, que podem ter deixado os canais cheios”.

A Tesla disse em março que tinha muito dinheiro disponível para “navegar com sucesso por um longo período de incerteza”, algo com o que muitos investidores parecem concordar até agora.

PUBLICIDADE

“Se alguma empresa consegue superar obstáculos de produção e capacidade limitada”, disse Dan Ives, analista da Wedbush, esta semana, “são Musk e Tesla olhando para o futuro em que os touros estão apostando para navegar nessa pandemia sem precedentes”.

Aprendizados em tempos de crise: uma série especial do Stock Pickers com as lições dos principais nomes do mercado de ações. Assista – é de graça!