Nova categoria

Por R$ 31 milhões, Magalu compra Estante Virtual da Livraria Cultura

Varejista é dona de outras marcas como: Netshoes, Zattini e Época Cosméticos

Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza
(Flávio Santana)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Magazine Luiza (MGLU3) arrematou por R$ 31 milhões, o marketplace de livros usados Estante Virtual nesta quinta-feira (30), em leilão realizado na 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais.

A varejista foi a única a fazer um lance pelo ativo, administrado desde 2017 pela Livraria Cultura, que em 2018 entrou com pedido de recuperação judicial para evitar a falência em decorrência dos quase mais de R$ 285 milhões em dívidas acumuladas.

Leia também:
Amazon dispara até 12% e supera US$ 1 trilhão após resultados muito acima das expectativas

Aprenda a investir na bolsa

No fim do ano passado, a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deu aval para operação, que tem cinco dias para ser impugnada.

A nova aquisição amplia as categorias de atuação do Magazine Luiza no e-commerce, que conta ainda com as marcas Netshoes, Zattini, Shoestock e Época Comésticos.

Seja sócio das maiores empresas da Bolsa com custo de corretagem zero. Abra uma conta na Clear.