Destruiu as expectativas

Amazon dispara até 12% e supera US$ 1 trilhão após resultados muito acima das expectativas

A empresa fechou o pregão regular valendo US$ 927 bilhões

Caixa da Amazon
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A gigante de tecnologia Amazon dispara até 11,9% no aftermarket da Bolsa dos Estados Unidos nesta quinta-feira (30) após apresentar resultados muito acima das expectativas do mercado no último trimestre. Com o movimento, o valor de mercado da companhia superou US$ 1 trilhão. A empresa fechou o pregão regular valendo US$ 927 bilhões.

Parte do entusiasmo tem a ver com o fato de que a empresa publicou uma perspectiva fraca para as festas de fim de ano três meses atrás. Essas expectativas foram superadas e a Amazon voltou ao crescimento após apresentar queda no trimestre anterior.

Os ganhos por ação ficaram em US$ 6,47, ante expectativa de US$ 4,03 dos analistas compilados pela Refinitiv. A receita trimestral bateu US$ 87,44 bilhões, enquanto a expectativa estava em US$ 86,02 bilhões.

PUBLICIDADE

A vertical de serviços de nuvem Amazon Web Services, uma das grandes apostas do mercado para a companhia, alcançou receita de US$ 9,95 bilhões, acima dos US$ 9,81 bilhões previstos.

Também animou os mercados o guidance (perspectivas da empresa) para 2020. A receita esperada para o primeiro trimestre do ano é entre US$ 69 bilhões e US$ 73 bilhões.

“Mais pessoas entraram para o Prime neste trimestre do que nunca”, escreveu o CEO da companhia, Jeff Bezos. Ao redor do mundo agora são 150 milhões de membros do programa de fidelidade, uma das estratégias da empresa para ganhar mais dinheiro por cliente.

Também destaque foi o negócio de publicidade, que gerou receita de US$ 4,8 bilhões no trimestre – um incremento de 41% frente o mesmo período de 2018.

Seja sócio das maiores empresas da Bolsa sem pagar corretagem. Abra uma conta na Clear.