Quebra de empresas

Pedidos de falência avançam 18,4% em outubro ante setembro, diz Boa Vista

Mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas aumentaram 52,3% e 45,3%

Crédito negado, homem faz sinal de negativo com uma mão enquanto segura saco de dinheiro com a outra, problemas financeiros, falta de dinheiro
(Andrii Yalanskyi/GettyImages)
Aprenda a investir na bolsa

Os pedidos de falência avançaram 18,4% em outubro na comparação com setembro. Mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas aumentaram 52,3% e 45,3%, respectivamente. No mesmo sentido, as falências decretadas também cresceram 45,3% na variação mensal. Os dados são da Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).

De acordo com a empresa, os novos números representam o fim do ritmo de desaceleração que o indicador vinha apresentando na análise acumulada em 12 meses.

Nesse período, os pedidos de recuperação judicial apresentaram alta de 17,2%, assim como as recuperações judiciais deferidas (14,9%). Já os pedidos de falência subiram 8,3%, enquanto as falências decretadas recuaram 2,9%, mantida a base de comparação.

Melhores da Bolsa 2020
Cadastre-se gratuitamente para participar do encontro entre os CEOs das melhores empresas listadas na Bolsa e gestores de grandes fundos, entre os dias 24 e 26 de novembro:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Aprenda a investir na bolsa

O aumento observado nas falências decretadas após dois meses de queda também indica uma piora nos indicadores de solvência das empresas neste último mês.

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração dos dados mensais registrados na base do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), oriundos dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos Estados.

O lado desconhecido das opções: treinamento gratuito do InfoMoney ensina a transformar ativo em fonte recorrente de ganhos – assista!