Após conversas avançadas

Microsoft interrompe negociações para comprar TikTok nos EUA, dizem fontes

Decisão teria sido tomada depois de o presidente Donald Trump ter dito que se opõe ao acordo; aplicativo chinês se propôs a fazer novas concessões

arrow_forwardMais sobre
Logo no TikTok ao centro, com quatro celulares ao lado, com jovens fazendo vídeos
(Reprodução/Facebook)

A Microsoft pausou as negociações para adquirir as operações do TikTok nos Estados Unidos após o presidente Donald Trump ter dito que se opõe ao acordo, de acordo com fontes consultadas pela Dow Jones.

As falas de Trump fizeram com que o aplicativo chinês fizesse novas concessões, inclusive aceitando criar 10 mil empregos nos EUA nos próximos três anos. Mas não está claro se isso vai alterar a posição do presidente, segundo as fontes.

Leia também: 
TikTok: como app mais popular da quarentena virou símbolo da tensão entre EUA e China

PUBLICIDADE

A Microsoft tinha conversas avançadas com a controladora do TikTok, Bytedance. Elas caminhavam para um acordo que acreditavam ser adequado ao objetivo da Casa Branca, de que o aplicativo fosse adquirido por uma empresa americana.

Os planos foram interrompidos quando Trump disse a repórteres que preferia banir o aplicativo e não apoiaria a venda. Antes, as empresas acreditavam que os termos gerais do acordo poderiam estar fechados na segunda-feira.

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.