Gafisa: corretoras acreditam em fraco resultado trimestral da construtora

Ágora e Banif destacam peso negativo de revisão de orçamento e cancelamento de vendas para o balanço da companhia

Por  Marcel Teixeira

SÃO PAULO – As corretoras Ágora e Banif esperam por um fraco resultado referente ao primeiro trimestre de 2012 da Gafisa (GFSA3), a ser revelado antes do pregão regular da próxima quarta-feira (9).

A equipe de análise da Ágora avalia que a revisão orçamentária e o cancelamento de vendas realizados no último trimestre do ano passado devem trazer fortes consequências para o balanço da empresa. Desta forma, as percepções negativas do mercado não devem mudar no curto prazo, restringindo também qualquer perspectiva de melhora para o desempenho das ações da construtora no longo prazo.

A mesma visão é compartilhada pela Banif Corretora. “Depois do quarto trimestre de 2011, no qual a Gafisa reconheceu reajustes nas obras, cancelamentos e distratos de Tenda, que geraram prejuízo de quase R$ 1 bilhão e a decisão de reduzir o volume de lançamentos em 2012, ficaram mais incertas as projeções de resultados da Gafisa”, afirma a equipe de análise. 

Resultados operacionais
Os resultados operacionais da companhia para o período já foram divulgados. Entre eles, a Ágora aponta como destaques negativos o montante de R$ 464 milhões em lançamentos no período, que chegaram apenas a 15,5% do centro da meta para este ano, além da velocidade mais baixa de vendas, chegando a 10,4%, frente a 21,4% há um ano.

A corretora Ágora ainda recomenda a manutenção das ações da construtora, com preço-alvo de R$ 6,00 para o final de 2012, configurando um potencial de valorização de 58,7%.

Médias das projeções

Projeções 1º trimestre 2012
R$ milhões1T12*1T11Variação
Receita Líquida805,5800,0+0,7%
Ebitda76106,5-28,6%
Margem Ebitda9,5%13,3%-3,8 p.p.
Lucro Líquido**-28,513,7
Compartilhe