Marketing Digital

Existe uma ciência por trás do marketing digital?

Livro “Cientista do Marketing" é um guia para empreendedores e executivos para assuntos ligados à gestão de negócios e vendas

arrow_forwardMais sobre

*Por Dener Lippert, CEO e fundador da V4 Company

Por meio da minha experiência à frente da V4 Company, resolvi compartilhar com os empreendedores tudo o que aprendi e coloquei em prática no meu negócio. Desde a fundação da V4, no ano de 2012, conquistamos mais de 200 unidades da empresa em todo o país e cerca de 2.600 clientes ativos.

Sim, o livro “Cientista do Marketing”, é a minha primeira obra que tem o objetivo de guiar empreendedores e executivos a compreenderem assuntos ligados à gestão de negócios, vendas, fundamentos e campanhas de marketing digital.

Vender em maior quantidade com menos recursos é o eixo mais importante de qualquer empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte.

Com este desafio em mãos, os profissionais de marketing, empreendedores e líderes precisam cada vez mais criar estratégias diferenciadas, porém, essas nem sempre geram resultados satisfatórios.

Existem ideias que são incríveis na lógica, mas na prática, nem tanto. E às vezes elas até são incríveis na prática, mas exigem um esforço de execução que você não consegue abrigar.

Reforço o posicionamento de que o digital é um meio e não um fim. Existe a diferença entre vender na internet e através dela. Um exemplo bem claro disso é que temos clientes que possuem o seu PDV (ponto de vendas) e usam a internet para vender através dela, em suas lojas físicas. Ou seja, para atrair o seu público na internet para que eles consumam no ambiente offline.

No ‘Cientista do Marketing’ falo sobre como utilizar os quatro pilares do método V4 – tráfego, engajamento, conversão e retenção – a favor do seu negócio.

Explico ainda quais são os erros mais comuns ao planejar uma campanha de marketing digital, e como o profissional de marketing pode ir além do operacional e desempenhar o papel estratégico no negócio em que atua.

Outro ponto que trago em destaque na obra é sobre como validar suas campanhas ao dominar as nove leis essenciais do marketing, independente da mídia ou canal que estiver utilizando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O leitor saberá como usar a metodologia científica para nunca mais ser refém de achismos e construir estratégias replicáveis para o sucesso do seu negócio.

Muitos dizem que o departamento financeiro é o coração da empresa, mas eu discordo. As vendas são o único oxigênio capaz de manter seu estabelecimento respirando.

Por isso, não dê tempo a perder, mesmo que o recurso seja pouco, comece a investir em uma estratégia de marketing bem estruturada para fazer sua empresa vender.

Com a proposta de gerar insights ao leitor para otimizar a performance de companhias, apresento um conteúdo com diversas referências práticas.

Sob quatro pilares requeridos para o bom desempenho de uma estratégia de marketing. No livro, falo mais profundamente todos esses indicadores e explico como funcionam e como o profissional pode trabalhar com eles.

É perfeitamente possível colocá-los em ação e gerar bons resultados em vendas, qualquer que seja o segmento do negócio. São eles:

  1. TRÁFEGO. Diz respeito a gerar demanda. O que fez o Google, a Meta (ex- Facebook Inc), a Amazon e a Apple terem se tornado as maiores empresas do mundo em uma década? O tráfego, ou seja, o número de pessoas que acessam essas plataformas todos os dias.

O mesmo vale para uma loja, seja ela física ou on-line. Quanto mais pessoas circularem pelos corredores ou pela página do e-commerce, maiores são as chances das vendas acontecerem.

  1. ENGAJAMENTO. Aqui, estamos falando sobre fazer o cliente gostar, confiar e desejar os seus produtos ou serviços. Uma loja física pode pensar em fazer uma bela vitrine ou treinar os vendedores para serem simpáticos e cordiais, entre outras estratégias.

No ambiente digital, pode-se pensar em conteúdo, imagens, design ou até mesmo facilitar a navegação. São estratégias diferentes para meios diferentes e que, no fim, geram engajamento.

  1. CONVERSÃO. É o momento em que o cliente resolve adquirir o seu produto ou serviço. O momento da conversão envolve fatores como oferta, preço, gateway de pagamentos (como e onde esse pagamento será processado), entre outros. A conversão precisa acontecer para que tenhamos resultado em nossa estratégia.

  2. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

    RETENÇÃO. O processo não se encerra na venda, é preciso reter esse cliente, fazendo com que ele compre mais vezes e aumente seu ticket médio, ou seja, o valor médio das vendas dentro de determinado período.

Esse pilar é importante porque o custo de aquisição de clientes, também conhecido como CAC, pode ser muito alto. No livro, falo mais detalhes sobre estratégias para um CAC equilibrado, entretanto, já vale dizer que é mais barato fazer os clientes que já conhecem comprarem o seu produto novamente do que gastar para adquirir novos clientes. Essa é a estratégia adotada pelos grandes e-commerces nacionais e internacionais.

O ‘Cientista do Marketing’ já se tornou best-seller na categoria gestão e negócios logo após o lançamento da obra, em abril deste ano.

É muito importante saber que estou conseguindo chegar a mais e mais pessoas, apoiando em seu processo de crescimento e desenvolvimento. O marketing digital é a essência e a sustentação de um negócio, especialmente em um mercado tão competitivo como o atual.

Afinal, uma estratégia de marketing precisa gerar vendas, além de ter excelente repercussão e alcance. Se não resultar em vendas, todo esforço e investimento será em vão.

Para adquirir o “Cientista do Marketing” e absorver os conteúdos direcionados a geração de vendas e planejamento de uma campanha de marketing através da experiência de Dener Lippert, o livro já está disponível, e a compra do livro é obtida através do link https://amzn.to/3tTlgKy.

Sobre o Dener Lippert

Dener Lippert, é CEO e fundador da V4 Company, maior rede de franquias de marketing digital do país, e autor da obra “Cientista do Marketing”. Dener tem apenas 27 anos mas já figura entre os principais empreendedores do país: fundou a V4 Company com apenas 18 anos (na cozinha da sua mãe) e hoje já tem mais de 200 franquias em todo o país, responsáveis por já terem atendido 2,5 PMEs em 14 países. Já passaram pelo portfólio da marca empresas como Dell, Wizard, Spotify, Colchões Ortobom, Wise Up, Smart Fit, Team Nogueira entre outros. Recentemente a V4 Company anunciou sociedade com o Grupo Dreamers, holding detentora de 16 marcas, entre elas Artplan e Rock In Rio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.