Em expansão

Azul adquire aeronaves da Embraer e pretende chegar a 200 destinos nacionais

Companhia projeta chegar a 200 destinos nacionais nos próximos três a quatro anos. 

arrow_forwardMais sobre
Avião da Azul (Crédito: Divulgação)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, anunciou nesta quinta-feira (16), a compra de 75 aviões da Embraer. A declaração foi feita durante encontro com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Com a ampliação da frota aérea e a compra da TwoFlex por R$ 123 milhões, que irá adicionar 36 novos destinos nacionais na malha da Azul, a companhia projeta chegar a 200 destinos nacionais nos próximos três a quatro anos.

O início da operação na ligação direta entre o Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP) e Nova York (EUA), de acordo com Rodgerson faz com que a companhia cresça em um mercado não explorado pela concorrência.

Novas aquisições

Aprenda a investir na bolsa

Questionado por Bolsonaro se a Azul iria receber mais aviões, o CEO confirmou que espera mais 27 este ano.

O presidente da Azul afirmou que conversou com Marcelo Guaranys, secretário executivo do Ministério da Economia, sobre formas de operacionalizar de maneira mais rápida os processos de compra de aeronaves da Embraer.

Em um modelo que ocorre com plataformas de petróleo, esses processos exigem movimentos de exportação e posterior importação da mesma aeronave. “O importante é conseguirmos voar logo”, concluiu.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!