Pandemia

Aumentos de casos de Covid-19 nos EUA faz McDonald’s suspender reabertura de restaurantes no país

Rede de fast-food enviou carta aos franqueados suspendendo a reabertura dos salões de restaurantes por 21 dias

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O McDonald’s vai suspender a abertura de todos os restaurantes nos Estados Unidos devido ao aumento dos casos de coronavírus no país. O plano de interromper a reabertura por 21 dias foi anunciado pela rede de fast-food para os franqueados por meio de um comunicado interno, segundo a Bloomberg.

Unidades que já reabriram os salões de restaurantes devem consultar as diretrizes de segurança local e estadual sobre a possibilidade de suspender os serviços, de acordo com a carta, que foi assinada por Joe Erlinger, presidente do McDonald’s nos Estados Unidos, e Mark Salebra, responsável pela Aliança Nacional de Liderança de Franqueados, entidade que representa o setor de franquias no país.

Os executivos afirmam no documento que a rede deve agir com a mesma “mentalidade e disciplina que empregaram durante a crise”. 

PUBLICIDADE

Recentemente, a empresa adotou 50 novos procedimentos de segurança para proteger seus trabalhadores e clientes, que incluem verificações de temperatura, adesivos sociais para pisos, barreiras de proteção e distribuição de EPIs (máscaras e luvas) para os funcionários e anunciou a contratação de 260 mil novos funcionários para o próximo verão.

Os novos protocolos de segurança foram criados em meio às tensões entre o Mc Donald’s e seus funcionários nos EUA, que durante a pandemia protestaram por melhores condições salariais e mais proteção contra Covid-19. 

“Nos últimos sete dias, 32 estados viram casos crescentes e esse número parece estar subindo. Esse aumento mostra que ninguém está imune ao vírus – mesmo em lugares que anteriormente tinham muito poucos casos”, diz a carta. “No futuro, continuaremos monitorando a situação e nos ajustando conforme necessário para proteger a segurança de nossos funcionários e clientes”.

Empresas de todo o país revisam seus planos de reabertura com a disparada dos casos de coronavírus em estados como Texas, Arizona e Califórnia. Empresas enfrentam o dilema entre garantir a segurança de clientes e funcionários e, ao mesmo tempo, gerar receita suficiente para continuar operando.

(Com informações da Bloomberg)

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.