AO VIVO Por Dentro dos Resultados: Diretor de operações do Mercado Livre e vice-presidente do Mercado Pago falam sobre os números da empresa

Por Dentro dos Resultados: Diretor de operações do Mercado Livre e vice-presidente do Mercado Pago falam sobre os números da empresa

Ações da PDG caem 28,68% em abril e lideram perdas do Ibovespa no mês

Desempenho negativo acontece na esteira da divulgação de prejuízo no início do mês e de perspectivas de baixos retornos

SÃO PAULO – Acompanhando o desempenho negativo do setor imobiliário em abril, a ação da PDG (PDGR3) fechou o mês como a maior baixa dentre os papéis que compõem o Ibovespa, acumulando desvalorização de 28,68% e fechando esta segunda-feira (30) cotada a R$ 4,50. Enquanto isso, o Ibovespa fechou o período com queda de 4,17%, aos 61.820 pontos.

Essa baixa ocorre na esteira de um mês que se iniciou com notícias negativas para a companhia. No dia 4 de abril, a incorporadora revelou os resultados não auditados para o quarto trimestre de 2011, reportando um prejuízo de R$ 20,37 milhões e revertendo lucro de R$ 202,8 milhões reportado um ano antes.

Na mesma data, a companhia reduziu o guidance de vendas, que indica projeção de lucros futuros ou de lançamentos de novos empreendimentos, para 2012. O número que era estimando entre R$ 9 bilhões e R$ 11 bilhões em novembro de 2011, passou para o intervalo entre R$ 8 bilhões e R$ 9 bilhões.

PUBLICIDADE

Segundo afirmou o diretor-presidente da companhia, José Antonio Grabowski em teleconferência aos investidores na mesma data, com essa redução, a PDG pretende continuar a entregar projetos para gerar fluxo de caixa positivo. “Estamos priorizando a velocidade de vendas e não os lançamentos, por isso reduzimos o guidance para este ano”, afirmou.

Resultado desapontador
De acordo com a analista Daniella Maia, da Ativa Corretora, o resultado mostrou a dificuldade da companhia em incorporar a Agre – adquirida em maio de 2010 – de maneira eficiente, o que a levou a revisar orçamentos que causaram fortes danos à rentabilidade da incorporadora. As expectativas da analista no primeiro semestre são de que a companhia continuará com baixos retornos, só apresentando recuperação na segunda metade do ano.

“Por outro lado, veremos uma mudança de postura da companhia, que deverá focar em eficiência, redução de obras terceirizadas e geração de caixa neste ano”, afirma Daniella. Já a equipe de análise da Ágora Corretora classificou o resultado como desapontador. Entretanto, avaliam os analistas em relatório, a incorporadora deve apresentar melhor geração de caixa em 2012.

Outros destaques de baixa
Outros papéis que também tiveram desempenho ruim em abril foram os da Gafisa (GFSA3, R$ 3,54, -17,67%), papéis preferenciais da GOL (GOLL4, R$ 10,15, -16,74%), as ações ordinárias da Rossi (RSID3, R$ 8,00, -15,75%), os papéis PN da Eletropaulo (ELPL4, R$ 29,16 -15,30%) e as ações ON da MRV (MRVE3, R$ 11,09, -14,36%).