Assustou

Ab Inbev corta dividendos pela metade e ação despenca

Redução no pagamento de dividendos já era esperada, mas o baque parece ter sido maior que a encomenda

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As ações da Ab Inbev chegaram a cair 10,4% nesta quinta-feira na bolsa europeia após o anúncio de corte do pagamento de dividendos pela metade – de 3,60 euros para 1,80 euros por ação no ano fiscal. Este é mais um efeito dos resultados fracos do terceiro trimestre de 2018.

O mercado já contava com redução dos proventos, mas o corte anunciado assustou. A decisão foi tomada como uma forma de tentar estabilizar as contas da companhia e diminuir o endividamento relacionado à aquisição da SABMiller há dois anos.

Atualmente, a relação entre dívida líquida e Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa belgo-brasileira está em 4,9 vezes – a meta é chegar a 2 vezes. O corte no dividendo significará um incremento de 4 bilhões de euros para o caixa da empresa.

Aprenda a investir na bolsa

A AB InBev reportou queda de 37,5% no lucro líquido, para US$ 1,61 bilhão. O lucro por ação foi de US$ 0,82, ante US$ 1,31 no mesmo período do ano passado. Parte da pressão nos resultados foi creditada às operações brasileiras. 

A Ambev, cuja ação ABEV3 vê queda de 5,5% na bolsa brasileira, viu queda de 10,2% no lucro líquido na mesma comparação, atingindo R$ 2,91 bilhões. O volume de cervejas vendidas caiu 3,1% em relação ao mesmo período de 2017, aumentando a preocupação do mercado com relação à capacidade da empresa de superar uma concorrência mais ferrenha (leia mais aqui).