Trump completa 78 anos e destaca idade como questão central na eleição dos EUA

Ex-presidente dos EUA discursará nesta sexta-feira em uma festa de aniversário organizada para ele em West Palm Beach, no Estado da Flórida, por um grupo de apoiadores

Reuters

Ex-presidente dos EUA Donald Trump - 
REUTERS/Carlos Barria
Ex-presidente dos EUA Donald Trump - REUTERS/Carlos Barria

Publicidade

(Reuters) – Donald Trump completa 78 anos nesta sexta-feira, um fato que lembrará os eleitores de que os dois principais candidatos na disputa pela Presidência dos Estados Unidos neste ano são os mais velhos a disputar o cargo.
A idade e a capacidade mental têm estado no centro da disputa entre o republicano Trump e seu rival democrata, o presidente Joe Biden, muitas vezes recebendo mais atenção do que questões importantes à caminho da eleição de 5 de novembro.
Pesquisas de opinião mostram que os norte-americanos estão mais preocupados com a idade avançada de Biden, que tem 81 anos. Mas, aos 78 anos, Trump é apenas três anos e meio mais jovem, e seria a pessoa mais velha a ser empossada caso ganhe um segundo mandato.
Trump discursará nesta sexta-feira em uma festa de aniversário organizada para ele em West Palm Beach, no Estado da Flórida, por um grupo de apoiadores.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos
Na campanha, Trump não tem sido explícito sobre a idade de Biden, mas tem procurado capitalizar sobre todos os erros verbais de seu oponente, bem como o andar lento de Biden, para classificá-lo como inapto para a Presidência.
Biden tem pedido aos eleitores que se concentrem em suas realizações no cargo como prova de sua acuidade e força. Ele também tem descrito Trump como uma ameaça à democracia e criticado seus discursos, por vezes, desconexos, bem como o uso de retórica inflamada contra imigrantes por parte do republicano.
Ainda assim, até mesmo alguns democratas têm expressado preocupação com a capacidade de Biden de concluir outro mandato, o que faria aos 86 anos.
Em uma pesquisa da Reuters/Ipsos em fevereiro, cerca de 78% dos entrevistados — incluindo 71% dos democratas — disseram que Biden, já o presidente mais velho da história, é muito velho para trabalhar no governo. Cerca de 53% dos entrevistados disseram que Trump, que foi presidente de 2017 a 2021, é velho demais para estar no governo.
“Não se trata de idade, mas de competência mental”, disse a porta-voz da campanha de Trump, Karoline Leavitt, argumentando que os eleitores podem ver o contraste entre Biden e Trump, a quem ela descreveu como “afiado como um taco com resistência de elite”
A campanha de Biden não respondeu a um pedido de comentário.
Trump e Biden estão empatados nas pesquisas de opinião nacionais, com Trump à frente em vários dos Estados decisivos que podem definir a disputa de novembro.
Não está claro o quanto a idade será um fator no resultado final. Entre as questões que os eleitores estarão avaliando está a força da economia, bem como a imigração e o direito ao aborto.