Senador democrata tenta fazer Biden desistir de corrida presidencial, diz jornal

Mark Warner contactou colegas democratas para sondar a possibilidade de um encontro para discutir a campanha de Biden

Reuters

Senador democrata Mark Warner 
07/03/2024
REUTERS/Tom Brenner
Senador democrata Mark Warner 07/03/2024 REUTERS/Tom Brenner

Publicidade

O senador norte-americano Mark Warner está tentando juntar um grupo de colegas democratas para pedir ao presidente Joe Biden que desista de corrida eleitora após a sua performance no debate da semana passada, noticiou nesta sexta-feira (5) o jornal The Washington Post, citando duas fontes com conhecimento das tratativas.

Warner, que preside o Comitê de Inteligência do Senado, contactou colegas democratas no começo desta semana para sondar sobre a possibilidade de um encontro, na segunda-feira (8), com o objetivo de discutir a campanha de Biden, disse nesta sexta-feira uma fonte à Reuters.

Biden tem tido dificuldade para debelar uma crise política causada pelo seu desempenho ruim no debate. Ele insiste que continuará na corrida.

Continua depois da publicidade

Até agora, Warner não comentou publicamente sobre a performance de Biden contra o seu rival republicano e ex-presidente, Donald Trump. Nenhum senador democrata pediu publicamente a desistência.

Um porta-voz de Warner não confirmou nem negou, em conversa com o Washington Post, as supostas tentativas do senado.

“Como muitos outros em Washington e em todo o nosso país, o senador Warner acredita que estes são dias críticos para a campanha presidencial, e deixou isso claro para a Casa Branca”, afirmou ao jornal um porta-voz de seu gabinete.