Combate à pandemia

Vacina contra Covid: SP e no Rio começam a aplicar dose de reforço em adolescentes

Prefeitura de São Paulo afirma que a dose extra vai ajudar a controlar o novo aumento de casos e internações observado nas últimas semanas

Por  Equipe InfoMoney -

Adolescentes entre 12 e 17 anos de idade que moram nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro podem tomar a dose de reforço das vacinas contra a Covid-19 a partir desta segunda-feira (30), dias após a aplicação ser autorizada pelo Ministério da Saúde.

O reforço está disponível para adolescentes que já tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses. Serão utilizados o imunizante da Pfizer e a CoronaVac, conforme a disponibilidade. No caso de adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer será utilizada.

Em ambas as cidades, a aplicação da segunda dose de reforço também já está disponível para adolescentes imunossuprimidos ou pessoas com 60 anos ou mais (e que tomaram a primeira dose de reforço há pelo menos quatro meses).

Vacinação em SP

A Prefeitura de São Paulo afirma que a dose extra vai ajudar a controlar o novo aumento de casos e internações observado nas últimas semanas.

“Além da proteção individual do adolescente, essa ampliação contribui diretamente para a preservação da estabilidade no cenário epidemiológico neste momento de chegada do inverno, onde é esperado um aumento de doenças respiratórias, entre elas a Covid-19”, disse o Secretário municipal da Saúde de São Paulo, Luiz Carlos Zamarco.

No público geral de 12 a 17 anos, a cobertura vacinal na cidade de São Paulo é de 115% para primeira dose e 103% para segunda dose. A lista de postos e unidades de saúde onde serão aplicadas as doses de reforço para adolescentes pode ser consultada no site Vacina Sampa.

(Com informações da Agência Brasil)

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Leia mais:

Compartilhe