Desde às 9h

Twitter (TWTR34) apresenta instabilidades e fica fora do ar nesta quinta-feira

Usuários relatam problemas de login e acesso; desde 9h45 alguns usuários relataram que a plataforma estava voltando

Por  Equipe InfoMoney -

O Twitter (TWTR34) apresenta instabilidades desde às 9h desta quinta-feira (14). E sua versão web exibe uma mensagem de erro, que não permite acessar a plataforma.

Confira:


(Reprodução/ Twitter, versão web)

Por outro lado, no app aparece a seguinte mensagem: “não é possível carregar seus tweets agora”.

(Reprodução/Twitter)

No site DownDetector que monitora o funcionamento de diversas plataformas, há um pico de falhas por volta das 9h, sendo que 66% dos problemas notificados são do aplicativo móvel, 31% do site e 2% sobre os comentários.

Veja:

(Reprodução/ DownDetector)

No site, há mais de 4,5 mil notificações sobre as instabilidades. “Não consigo acessar minha conta, não deixa nem fazer login”, disse um usuário.

Nos Estados Unidos, também há reclamações. São mais de 50 mil notificações de usuários sobre as instabilidades, segundo o Downdetector. Países como Espanha, Itália, Argentina, México e África do Sul também têm relatos sobre o  não funcionamento da plataforma nesta quinta.

O que diz o Twitter

O InfoMoney entrou em contato com a assessoria de imprensa do Twitter e questionou os problemas. Em nota, a empresa afirmou que está ciente de que “o Twitter não está funcionando para algumas pessoas” e diz que está “trabalhando para que tudo volte ao normal”.

Por volta das 9h45 alguns usuários já comentavam no Downdetector que o Twitter estava voltando a funcionar.

Às 13h52 o Twitter, em sua página oficial na plataforma, confirmou a instabilidade global e afirmou que voltou a funcionar normalmente.

Twitter e Musk

O Twitter está em um imbróglio com Elon Musk, CEO da Tesla e homem mais rico do mundo, desde a possível aquisição da empresa pelo executivo.

Incsuive, nesta quarta-feira (13), a empresa anunciou que foi à Justiça americana para forçar a compra da empresa por Musk, que desistiu da aquisição da plataforma an última sexta (8).

O processo foi protocolado junto à Corte de Delaware nesta terça-feira, 12, e deve dar início a uma longa disputa judicial entre a companhia e o executivo.

A oferta de Musk era de US$ 44 bilhões e foi suspensa em maio porque o empresário não estava convencido sobre a transparência da plataforma em relação à sua base de usuários.

A comunicação de Musk ao Twitter foi feita por meio de uma carta assinada pelo advogado que representa o bilionário na negociação – a carta surgiu em documentação enviada à SEC, órgão regulador do mercado de ações dos EUA. Na carta, a representação do bilionário afirma que “o Twitter não cumpriu com suas obrigações contratuais”.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe