Em minhas-financas / precos

Acordo? Número de rodovias interditadas pela greve cresce nesta sexta-feira, diz Abcam

Associação Brasileira dos Caminhoneiros divulgou balanço

Greve caminhoneiros
(Marcelo Pinto/APlateia)

SÃO PAULO - Mesmo com acordo assinado por parte dos representantes dos caminhoneiros na quinta-feira (24), o número de pontos interditados em rodovias por grevistas cresceu nesta sexta-feira (25). A informação foi divulgada pela  Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) - frente que deixou a reunião no Palácio do Planalto sem assinar o acordo divulgado na noite passada.

Segundo a entidade, há 521 pontos interditados nesta manhã em 25 unidades da Federação. No fim da manhã de quinta, eram 402 pontos interditados em 23 Estados. Apenas Amazonas e Amapá não têm interdições nesta manhã desta sexta-feira, 25.

Grandes Estados produtores agrícolas são os que têm mais trechos rodoviários interrompidos nesta manhã. O Rio Grande do Sul lidera o ranking com 74 pontos interditados. Em seguida, aparecem Paraná (73 pontos), Minas Gerais (51 pontos), Santa Cataria (54), Mato Grosso do Sul (36), Goiás (28) e Mato Grosso (28). São Paulo tem 15 pontos interditados, Rio de Janeiro conta com 14 pontos e o Distrito Federal, sete, informa a Abcam.

Também foi a Abcam que disse na manhã de quinta-feira que a greve só terminaria quando a legislação zerando PIS/Cofins para o diesel fosse publicada no Diário Oficial da União. Alterações nestes impostos não fazem parte do acordo assinado ontem (confira o que faz aqui)

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Autônomos (CNTA), maior entre as entidades que assinaram o acordo na quinta, não divulgou balanço na manhã desta sexta.

Com Agência Estado

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato