O que rolou?

Notícias da semana: alta de juros, sem despacho grátis e reajuste dos combustíveis

A semana foi curta, mas foi intensa: com aumento de juros nos Estados Unidos e no Brasil e sobrou até para Luiza Helena Trajano

Por  Mariana Amaro -

Agora vai?

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (15) o teto do ICMS para combustíveis e compensação da União aos estados. O projeto, que pode reduzir o preço final da gasolina e do diesel, foi agora para sanção presidencial.

Mais R$ 0,70 por litro

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (17) que aplicará reajustes nos seus preços de venda dos combustíveis para as distribuidoras, após quase cem dias de congelamento dos valores da gasolina nas refinarias e de quase 40 dias do diesel.

Com os reajustes anunciados hoje, após 99 dias, o preço médio de venda de gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro. Para o diesel, após 39 dias, o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro — um reajuste de R$ 0,70 por litro.

Quanto custa carregar um carro elétrico?

Com o preço do combustível nas alturas, será que vale a pena comprar um carro elétrico? Quanto custa? Quanto tempo leva para carregar? Dá para viajar com ele? Todas essas perguntas foram respondidas pelo InfoMoney. Confira a reportagem completa.

Juros em alta

O Federal Reserve anunciou, nesta quarta-feira (15), a elevação dos juros em 0,75 ponto percentual, para uma faixa de 1,5% a 1,75%. Esse movimento já era esperado depois que os dados de inflação ao consumidor de maio surpreenderam (e assustaram) o mercado na sexta-feira passada. Esse foi o primeiro aumento dessa magnitude neste ciclo – e também o maior – desde 1994. Enquanto isso, no Brasil, a Selic foi reajustada para 13,25%, seu maior patamar desde 2016. E o InfoMoney explica como investir neste cenário nessa reportagem aqui. 

The end

A rede de fast fashion Forever 21, que enfrenta problemas na Justiça e acusações de uso de trabalho análogo à escravidão, vai fechar suas 15 lojas no Brasil.

Sem despacho grátis

O presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou a volta do despacho gratuito de bagagem. O texto aprovado pela Câmara e pelo Senado em maio previa a isenção para malas de até 23 kg em voos nacionais e de até 30 kg nos internacionais.

Quer assinar comigo?

A procura por contratos de namoro dobrou em escritórios de advocacia. Odocumento serve para descaracterizar a união estável e funciona como um instrumento de planejamento financeiro. De tudo ao meu amor serei atento, antes, e com tal zelo, assina aqui?

65,7 milhões de endividados

Dados do Serasa mostram que um contingente de 65,7 milhões de pessoas no Brasil estão com as contas vencidas.E mais: o valor médio da dívida é superior a R$ 4 mil, mais de três vezes o salário-mínimo. Os dois dados estão perto da máxima histórica e devem se manter em alta até o fim do ano.

Redução da tarifa em 2,3%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que o aporte de R$ 5 bilhões decorrente da privatização da Eletrobras pode reduzir as tarifas pagas pelos consumidores em 2,3%, em média . Mas ainda não dá para comemorar que a conta de luz vai ficar mais barata. Isso porque essa redução deve apenas aliviar – em parte – os reajustes nas tarifas de energia já aprovados pela Aneel que chegam a 24%

Menos de US$ 1 bilhão

Luiza Helena Trajano saiu do ranking de bilionários da Forbes. A saída da empresária da lista é um reflexo da queda no preço das ações do Magazine Luiza, que recuou cerca de 90% nos últimos 11 meses – de R$ 24 para os atuais R$ 2,50. Com pouco mais de 17% da empresa, a fortuna de Trajano acompanhou as oscilações e passou de US$ 5,6 bilhões para menos de US$ 1 bilhão.

Aposentadoria depois de 27 anos

É o fim de uma era. A Microsoft anunciou o fim do Internet Explorer, criado em 1995. Depois de 27 anos de serviços prestados, o IE não terá mais suporte da Microsoft.

Menor de 18 anos

A presença de crianças e adolescentes no mercado financeiro quase triplicou desde 2020. Segundo dados da B3 – a Bolsa brasileira –, o número de investidores com menos de 18 anos estava próximo dos 11 mil (10.911) em março de 2020. Hoje, dois anos depois, esse número saltou 181%, para 30.732 pessoas.


Esse conteúdo foi publicado, com exclusividade, na newsletter IMpulso. Quer receber mais conteúdos assim no seu e-mail e grátis? Assine a nossa newsletter IMpulso.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe