Em minhas-financas

Maio, mês das noivas! Planejamento garante economia na hora do "sim"

Por conta da popularidade, época também é conhecida pelo aumento dos preços das lojas especializadas

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - Maio: tradicionalmente conhecido como o mês das noivas, milhares de casais escolhem o período para o tão esperado "sim".

Por conta da popularidade, a época também é conhecida pelo aumento dos preços das lojas especializadas e dos profissionais contratados para organizar a sonhada cerimônia.

Portanto, quem não quer abrir mão da tradição, deve preparar o bolso, pois todo sonho tem um preço!

Planejamento começa bem antes
O casal deve começar a planejar o casamento o quanto antes possível, para evitar gastos desnecessários e ter tempo suficiente para barganhar e conseguir preços melhores.

O custo total vai depender do tipo de casamento e recepção que os noivos estão pensando em ter. Tradicionalmente, as despesas são divididas entre as famílias do noivo e da noiva, mas não existe uma regra. Hoje em dia, o ideal é que as famílias se reúnam e distribuam as tarefas...e gastos.

O preço do sonho
Os mais tradicionais, que escolhem a noite de sábado, reservam a igreja para uma noite exclusiva e sonham com a recepção do ano, com jantar, bebidas sofisticadas, DJ e banda, podem se preparar para um gasto em torno de uns R$ 50 mil, para uma recepção para 200 convidados.

A ocasião pede requinte, a começar pelo vestido da noiva até a decoração da igreja e do buffet.

Existem alternativas mais baratas, e não menos glamourosas, que podem tornar a data inesquecível, sem pesar demais no orçamento.

Uma opção é casar no final da tarde e oferecer um serviço de chá para os convidados após a cerimônia. Com champagne para o brinde e um buffet mais leve, como pede o horário, o custo, também para 200 convidados, deve ficar em R$ 30 mil.

Outra opção, ainda mais em conta, é realizar o casamento pela manhã e servir um brunch. Em cerimônias como esta, o vestido da noiva não precisa ser muito sofisticado, o que já diminui o preço consideravelmente, e os gastos com decoração e buffet também caem. Com uma decoração mais simples e de bom gosto, como pede o horário, e sem a opção de whisky entre as bebidas, o custo total pode ficar em torno de R$ 20 mil.

Na ponta do lápis
Quando se fala em casamento, vem à mente o vestido, a igreja, a recepção e a lua-de-mel. No entanto, por trás deste dia inesquecível, estão detalhes que podem fazer a diferença na hora de fechar as contas do "evento".

Portanto, pesquisa de preço é fundamental, e preparar um check-list de todas as necessidades é importante para não faltar nada e não ter surpresa na hora do pagamento.

Além disso, vale a pena seguir algumas dicas para que a noite dos sonhos não vire o pesadelo das suas finanças para os próximos meses.

  • Convites: Após escolher o modelo e os dizeres, faça um bom orçamento nas gráficas e peça desconto. Muitas vezes estas empresas oferecem promoções para quantidades maiores. Lembre-se de ter a lista de convidados correta, para não correr o risco de ter de pedir convites extras. O custo unitário da impressão pode ser bem mais caro do que se você pedir alguns convites a mais, só por precaução.

  • Traje do Noivo: Depois de escolher o estabelecimento onde vai alugar o traje do noivo, informe-se sobre as condições e promoções. Normalmente, quando o noivo pede que todos os padrinhos aluguem a roupa no mesmo lugar, o traje dele sai de graça. Em alguns lugares, ainda, se o noivo apresentar uma certa quantidade de padrinhos, ganha o aluguel da própria roupa e ainda do traje do pai e do sogro.

  • Vestido de Noiva: Para as mulheres, é mais difícil encontrar promoções do que para os homens, principalmente porque muitas preferem os vestidos exclusivos, um primeiro aluguel ou até mesmo a compra, para guardar o momento para sempre. No entanto, é possível fazer um acordo com a estilista e ganhar bons descontos nos vestidos das madrinhas e das damas de honra.

  • Fotografia e filmagem: O ideal é optar por empresas que já trabalham tanto com fotos como com filmagens. Contratar os serviços separadamente será mais caro. Além disso, combine com o fotógrafo um número mínimo de fotos e um desconto para as demais. Deixe claro, também, a opção de retirar as fotos que não considerar boas, como a mãe da noiva comendo ou o pai do noivo de boca aberta.
O Dia D
Depois de todos os detalhes resolvidos, tire o dia do casamento, caso ele aconteça à noite, ou o dia anterior, para relaxar.

Muitos salões e clínicas de beleza realizam o famoso dia da noiva, com opções para todos os gostos e bolsos. As mais baratas podem ficar em torno de R$ 280, chegando a R$ 1.500,00 (ou mais), se a intenção for uma experiência mais sofisticada.

E quem pensa que essa mordomia é privilégio das noivas, engana-se: os noivos também podem tirar o dia, ou parte dele, para relaxar. Para eles, os pacotes podem sair entre R$ 200 e R$ 800 (ou mais) e incluem refeições, massagem, limpeza de pele, manicure, pedicure e cabelo.

Agora é com vocês! Boa sorte nesta nova etapa!

 

Contato