Comprovante sanitário

Alvo de críticas de Bolsonaro, passaporte da vacina avança por 249 cidades do país

Pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios mostra que o Nordeste tem maior número de cidades com a medida implantada na pandemia de Covid-19

Início da vacinação contra covid-19 em pessoas acima de 90 anos na UBS Santo Amaro. (Rovena Rosa/Agência Brasil)

GONÇALVES (MG) – O passaporte da vacina já está presente em ao menos 249 cidades do país, de acordo com levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

O dito passaporte foi assim nomeado para o conjunto de regras que obrigam as pessoas a comprovarem estar vacinadas contra a Covid-19 em espaços públicos coletivos.

A medida criada pelos gestores municipais vem sendo criticada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em discurso de abertura da 76ª Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), na semana passada, o mandatário voltou a dizer que não apoia o mecanismo.

“Apoiamos a vacinação, contudo o nosso governo tem se posicionado contrário ao passaporte sanitário ou a qualquer obrigação relacionada a vacina”, afirmou.

Grandes cidades brasileiras já aderiram ao passaporte da vacina. Em São Paulo, só participa de feiras, congressos e jogos, com público superior a 500 pessoas, quem apresenta um comprovante —físico ou online— de vacinação contra o coronavírus.

No Rio de Janeiro, o comprovante de vacinação é exigido para a entrada em academias de ginástica, cinemas, museus e estádios.

Segundo pesquisa da CNM, o passaporte da vacina vem ganhando adesão pelo país —no levantamento anterior, a medida havia sido instituída pelos prefeitos de 197 cidades.

Os municípios que adotaram a restrição sanitária correspondem a 10% das cidades que responderam ao questionário da entidade, que vem monitorando a gestão da pandemia de Covid-19 a partir das administrações municipais.

Foram ouvidos 2.461 prefeitos entre os dias 20 e 23 de setembro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entre as regiões do país, o Nordeste atingiu a maior quantidade de municípios que implementaram a restrição, com 60 cidades. O Sudeste aparece logo atrás, com 58 prefeituras.

Em termos proporcionais, porém, a região Norte é a que possui a maior parcela de cidades com a exigência de vacinação comprovada, com 20%.

Analista TOP 3 em rentabilidade de curto prazo compartilha seu método exclusivo na Bolsa