Nova atração

Inspirado em Wall Street, touro dourado é instalado em frente à Bolsa em São Paulo

Estátua dourada, de quase uma tonelada, foi inaugurada nesta terça-feira (16), no centro histórico da capital paulista

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO — A Bolsa brasileira, a B3 (B3SA3), ganhou nesta terça-feira (16) um touro dourado em frente ao seu edifício localizado na Rua Quinze de Novembro, no centro da capital paulista. Feita pelo artista plástico Rafael Brancatelli em parceria com o economista e apresentador Pablo Spyer, a estátua pesa quase uma tonelada e possui cinco metros de comprimento.

Inspirado no touro de Wall Street, o desenho passou por mais de 150 versões até ser aprovado. “Foi mais de um ano de jornada, desde a concepção do projeto, para chegarmos a um conceito original e ao design de um touro totalmente brasileiro, com uma expressão representativa da bravura e a coragem do nosso povo”, disse Brancatelli, durante evento realizado na B3 nesta manhã.

Construído sobre uma estrutura metálica tubular com multicamadas de fibra de vidro de alta densidade e pintura de alta temperatura anticorrosiva, o touro tem 5,10 metros de comprimento, três metros de altura e dois metros de largura. O objetivo da iniciativa é melhorar a atratividade da região.

Veja também: Pablo Spyer, o Tourinho de Ouro, revela 5 investimentos para ganhar dinheiro com a inflação

“O Touro de Ouro representa a força e a resiliência do povo brasileiro. A B3 está trazendo esse novo símbolo para valorizar não apenas o centro de São Paulo, mas o desenvolvimento do mercado de capitais do Brasil, que passa pela própria história da bolsa. O centro é o coração do mercado financeiro e, após a fusão que originou a B3, em 2017, a companhia optou não apenas em permanecer na região, como em contribuir para sua retomada”, disse Gilson Finkelsztain, CEO da B3.

Felipe Paiva, diretor de relacionamento da B3, disse que os planos incluem ainda o lançamento do museu da Bolsa, em março de 2022, com linha do tempo, objetos de acervo e palestras para jovens.

Leia também:
Acompanhe o que movimenta a Bolsa em tempo real
• Touro, urso, tubarão: conheça os bichos do mercado financeiro
• Como proteger seu portfólio de investimentos contra o avanço da inflação

“Não havia momento melhor para o lançamento do Touro, depois de termos anunciado a chegada de quatro milhões de contas de brasileiros pessoas físicas à Bolsa. Nada melhor do que receber esse público, na frente do nosso prédio, com um símbolo que estimulará ainda mais o interesse sobre a Bolsa, seu funcionamento e a sua história”, afirmou Paiva.

Em Nova York, o touro de Wall Street, conhecido como Charging Bull, atrai diversos turistas todos os dias. Com 3,5 toneladas e 3,4 metros de altura, a escultura de bronze foi feita pelo artista Arturo di Modica e está localizada no Bowling Green Park, no distrito financeiro da cidade. Ela simboliza “a força e o poder dos americanos”.

No mercado acionário, o touro (bull, em inglês) é uma metáfora para o movimento de alta dos papéis, dado que ele ataca de baixo para cima com seus chifres. Já o urso (bear, em inglês), símbolo do mercado em baixa, ataca com suas patas de cima para baixo. Por isso, no mercado se fala em “bull market” e “bear market”.

Pablo Spyer, o Tourinho de Ouro, revela 5 investimentos para ganhar dinheiro com a inflação

Compartilhe