INFOMORNING Variante ômicron, novo aporte da Ânima e vendas da Black Friday

Variante ômicron, novo aporte da Ânima e vendas da Black Friday

Pandemia

Governo de SP flexibiliza, a partir do dia 11, uso de máscara em ambientes abertos

Nova regra é anunciada em meio à melhora dos indicadores de internações e número de casos de Covid-19 no estado

arrow_forwardMais sobre
Governador João Doria (Sérgio Andrade/Governo do Estado de São Paulo)

SÃO PAULO – O governo do estado de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (24), o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos a partir do dia 11 de dezembro.

O anúncio acontece em meio à melhora dos indicadores de internações e número de casos de Covid-19, por conta do avanço da vacinação no estado, com 74,5% da população do estado com esquema vacinal completo.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), a expectativa é de que o estado alcance nesta quinta-feira (25) os 75% de cobertura vacinal e, no fim do mês, supere o patamar de 80%.

Segue, contudo, sendo obrigatório o uso do item de proteção em áreas internas, no transporte coletivo e nas estações e centrais de transporte público do estado.

Leia também: Covid-19: Ministério da Saúde reduz intervalo e libera dose de reforço da vacina para todos os adultos

“Há cerca de um mês prevíamos que, se fosse mantida a melhora da velocidade de vacinação, seria possível que até o início de dezembro poderíamos flexibilizar o uso de máscara em espaços abertos. Isso não quer dizer que as pessoas precisem tirar a máscara. As pessoas vão avaliar o quanto se sentem seguras ou não de estarem sem máscara a depender da situação”, afirma Paulo Menezes, coordenador do comitê cientifico.

Segundo ele, a escolha do dia 11 de dezembro deve-se à expectativa de o estado estar com uma cobertura vacinal acima de 80%, dando maior segurança à decisão.

Em 27 de outubro, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou a liberação do uso de máscaras em lugares abertos. Na ocasião, a cidade contava com cobertura vacinal de 65%.

Campanha de reforço

Durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, na zona oeste da capital paulista, Doria também anunciou uma campanha de reforço vacinal a ser realizada em todos os municípios do estado entre os dias 1º e 10 de dezembro. O objetivo é incentivar a população que necessita da segunda dose e os que ainda não tomaram a dose de reforço.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Regiane de Paula, coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização, afirma que o número de faltosos da segunda dose está na casa dos 4,3 milhões de pessoas. Além disso, 53% dos adolescentes de 12 a 17 anos ainda não voltaram para concluir a imunização no estado.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.