Em minhas-financas / gadgets

iPhone pode ter touch ID na tela inteira, sugere patente da Apple

Mudança radical pode ser bem-vinda em um momento de declínio nas vendas  

iPhone X Apple smartphone celular
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Sem grandes novidades desde o iPhone X, a linha de smartphones da Apple pode estar prestes a ganhar uma repaginada radical em um momento de queda preocupante nas vendas

A empresa registrou uma patente para a criação de um aparelho com touch ID (leitor de impressão digital) para a tela inteira, divulgou nesta semana o site AppleInsider. A novidade marcaria o retorno de uma tecnologia deixada de lado em 2018, quando a leitura de digitais foi substituída pelo reconhecimento facial (Face ID).

De acordo com a patente, a Maçã planeja a criação de uma tecnologia de “codificação de pulso acústico para imagens de superfícies de entrada”. Além dos padrões das digitais, o sistema pode ler ondas sonoras, pulsação ou ondas mecânicas. Com isso, o toque em qualquer parte da superfície pode garantir a identidade do usuário do aparelho.

A tecnologia poderia ser utilizada para a segurança de apps de pagamentos, por exemplo, e é tida como mais segura que leitores de impressão digitais tradicionais pela combinação de estímulos utilizada.

A novidade é muito similar a uma tecnologia desenvolvida pela Qualcomm chamada Ultrasonic, que cria mapas 3D de impressões digitais a partir de vibrações acústicas na tela. Espera-se que essa tecnologia venha embutida no Galaxy S10, a ser lançado pela Samsung ainda neste mês.

Invista melhor seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato