Em minhas-financas / gadgets

Após lançamento de novos iPhones, gigante chinesa cutuca Apple: "Obrigado por manter tudo igual"

Display semelhante dos novos aparelhos com o iPhone X não deixou a Huawei quieta

Huawei cutuca Apple
(Reprodução/Twitter)

SÃO PAULO - A Apple lançou na última quarta-feira (12) a quarta geração do Apple Watch e três novos aparelhos: iPhone XS, iPhone XS Max e o iPhone XR, o último uma versão "mais barata" dos smartphones. O visual semelhante ao do iPhone X, edição especial lançada em 2017, fez com que a concorrente chinesa Huawei alfinetasse a Apple.

Em sua conta oficial do Twitter, a gigante publicou um vídeo em que agradece a Apple por ter "mantido as coisas iguais" e desafia a americana ao dizer: "Nos vemos em Londres. 16.10.18". 

O dia 16 de outubro refere-se à data em que os novos celulares topo de linha da Huawei (Mate 20 e Mate 20 Pro) serão anunciados. Ainda no vídeo, a chinesa reforça a "mesmice" da gigante da maçã e enaltece seus próprios aparelhos, dizendo que são "além da consistência, do horizonte e da inteligência". 

Mercado também não gostou

As poucas mudanças apesentadas nos novos iPhones também parecem não ter agradado os analistas. Por volta das 16h de ontem, quando teve fim a apresentação dos quatro novos gadgets, os papéis da Apple chegaram a ser cotados a US$ 219,84, o que, naquele momento, representava uma perda de valor de mercado para a empresa de US$ 7,53 bilhões.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP

Atualmente, uma das maiores preocupações dos acionistas da empresa de Tim Cook é o mercado asiático, visto que os iPhones representam apenas 2% dos smartphones vendidos na Índia e cerca de 8% a 10% na China (país com a maior população mundial).

Confira, abaixo, a publicação da Huawei:

 

Contato