Recomeço

Funcionários dispensados da Volkswagen de Taubaté (SP) voltam ao trabalho em 4 de abril

O lay-off foi adotado em fevereiro devido à falta de semicondutores na linha de produção

Por  Estadão Conteúdo -

Cerca de 1,2 mil funcionários da fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP) retornam ao trabalho na próxima segunda-feira (4), após dois meses de dispensa temporária (lay-off). Com isso, as quatro fábricas do grupo no país, incluindo a de motores, passam a operar em dois turnos.

A dispensa foi adotada a partir de 3 de fevereiro, quando a unidade que produz os modelos Gol e Voyage retomou atividades com um só turno, depois de conceder um mês de férias coletivas a todo o efetivo.

Leia também:
Volkswagen volta a operar em dois turnos e antecipa retorno de trabalhadores

Além da falta de componentes, como semicondutores, a montadora aproveitou a parada para preparar a linha de produção do Polo Track, modelo compacto que vai substituir o Gol.

O ícone Gol, com mais de 40 anos de mercado, deixará de ser produzido no fim do ano. Ele sairá de linha por não ter condição de acompanhar as renovações exigidas pelo mercado automotivo e pelas novas legislações que determinam carros mais seguros e menos poluentes.

No ano passado, o Gol foi o sexto automóvel mais vendido no país, com 66,2 mil unidades. O Polo Track, segundo a empresa, será diferente da versão atual.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

Compartilhe