Por Dentro dos Resultados

“É um cenário único para aceleração”, diz CEO da Infracommerce, de olho na explosão das vendas online

Alemão Kai Schoppen participou de live do InfoMoney e destacou as oportunidades no segmento: “não quero perder esse trem”

Por  Anderson Figo

SÃO PAULO — De olho na explosão das vendas online causada pela pandemia de coronavírus, a recém-chegada à Bolsa Infracommerce (IFCM3) acredita que este momento é “único para a aceleração” de suas operações. Em live do InfoMoney, o CEO da companhia, o alemão Kai Schoppen, afirmou que o prejuízo registrado no segundo trimestre deste ano foi por causa dos investimentos feitos com foco em crescimento.

“Estamos no caminho de chegar em 18 micro-CDs [centros de distribuição], a gente lançou chatbots, a gente lançou apps para vendedores B2B (…). Todos esses investimentos entre aspas atrapalham o prejuízo no curto prazo, mas no final das contas a gente está fazendo o que eu acho 100%: a gente está vendo todas essas oportunidades e estamos praticamente sem concorrência para nosso modelo de negócios. Estamos indo com tudo. (…) Indo atrás dessas oportunidades estamos fazendo o melhor para os nossos investidores”, disse.

A live faz parte do projeto Por Dentro dos Resultados, em que o InfoMoney entrevista CEOs e diretores de importantes companhias de capital aberto, no Brasil ou no exterior. Eles falam sobre o balanço do segundo trimestre de 2021 e sobre perspectivas. Para acompanhar todas as entrevistas da série, se inscreva no canal do InfoMoney no YouTube.

“A gente já tinha falado no roadshow do IPO que a companhia estava no passado com fluxo de caixa positivo, gerando lucro, mas que com os recursos da oferta a gente ia acelerar o crescimento. Não quero perder esse trem”, completou. O GMV (valor bruto de vendas) da Infracommerce cresceu 28,7% no segundo trimestre, sobre o mesmo período de 2020, para R$ 1,54 bilhão. Já a receita líquida subiu 19,9%, a R$ 79,2 milhões.

Leia também:

Fábio Bortolotti, diretor de relações com investidores da companhia, que também participou da live, destacou as duas aquisições feitas pela Infracommerce recentemente. “São duas aquisições relevantes que aumentaram em cerca de 25% nossa receita recorrente”, disse. “Vamos continuar investindo em novas tecnologias, em dark stores, queremos chegar a 18 dark stores até o fim do ano para poder fazer entregas rápidas, o que é muito ‘disruptivo’ no setor”, completou.

Os executivos disseram ainda que a companhia está construindo um ecossistema e que, “com certeza”, novos movimentos de M&A (fusões e aquisições) virão. Eles destacaram o ganho de clientes em 2021: no fim do ano passado, eram 70 clientes, hoje, são mais de 250 — entre eles, Nike, Minerva, Mondelez e Nespresso.

Schoppen e Bortolotti comentaram ainda sobre a verticalização de grandes varejistas, sobre pagamento de dividendos só no futuro, sobre as iniciativas ESG da companhia e sobre os riscos que eles enxergam para o segmento onde a Infracommerce atua. Assista à live completa acima, ou clique aqui.

Quer atingir de uma vez por todas a consistência na Bolsa? Assista de graça ao workshop “Os 4 Segredos do Trader Faixa Preta” com Ariane Campolim.

Compartilhe