Dia das Crianças: 51% dos brasileiros comprarão a prazo, aponta Serasa

Vendas à vista, por sua vez, deverão representar 49% das vendas, sendo que o dinheiro será a forma mais usada

SÃO PAULO – Os varejistas de todo o Brasil têm a perspectiva de que, do total de vendas realizadas para o próximo Dia das Crianças, 51% serão pagas a prazo, enquanto 49% serão pagas à vista, apontou estudo da Serasa divulgado nesta terça-feira (28).

Em relação ao ano passado, a forma de pagamento se inverte, já que, em 2009, 52% das compras foram pagas à vista e 48% a prazo.

Segundo a Serasa, a explicação deste movimento se dá pelo fato de que o varejo está preparando as promoções baseado, principalmente, no parcelamento dos presentes, visto que há maior endividamento e inadimplência, sendo o alongamento de prazos uma alternativa para reduzir o valor das prestações.

Além disso, o menor desemprego e a renda em crescimento são fatores determinantes para viabilizar os financiamentos.

Composição das vendas
O levantamento demonstrou ainda que as vendas à vista serão feitas principalmente em dinheiro, que corresponde a 39%, seguido pelos cartões de crédito, relativos a 24%. Em seguida vêm: cartão de débito (18%), cheque (17%) e cartão de loja (2%).

Já a composição de vendas a prazo demonstrou o seguinte: 44% serão feitas com cartão de crédito parcelado, 31% com cheque pré-datado, 17% com financiamento ou crediário, 5% com cartão de débito parcelado, 2% com cartão de loja e 1% de outras formas.

Presentes mais procurados
Segundo estudo da Serasa, os lojistas estão esperando vender mais brinquedos, visto que esses bens foram citados por 65% dos entrevistados. Em segundo lugar vieram os jogos eletrônicos, com 10% das opiniões, seguidos pelos celulares, com 7% das respostas.

O levantamento realizado pela Serasa apontou ainda que aparelhos eletrônicos serão os presentes comprados por 5% dos consumidores e computadores e impressoras por 4%. Roupas, calçados e acessórios (3%), chocolates e doces (2%), e livros, DVDs e CDs (1%) também aparecem na lista das intenções.

No ano passado, o percentual de compras de aparelhos e eletrônicos e computadores foi menor, de 3% e 1%, nesta ordem.

PUBLICIDADE

Crescimento?
Os empresários do varejo de todo o Brasil estão esperançosos quanto ao Dia das Crianças este ano, com relação ao crescimento do faturamento na comparação à mesma data do ano passado. Para 57% haverá aumento no faturamento – é a maior parcela desde o início da pesquisa em 2005.

De acordo com os técnicos da Serasa, como o Dia das Crianças é termômetro para o Natal, pode-se prever um bom final de ano para o varejo.