Conteúdo editorial apoiado por

Desconto na venda de carros ‘populares’ reduziu preço do seguro auto em junho

Levantamento analisa veículos mais vendidos em 11 capitais, a partir dos dados de 15 seguradoras

Jamille Niero

Publicidade

O programa do governo federal para estimular a venda de carros “populares”, que vigorou durante o mês de junho, refletiu no preço do seguro dos automóveis adquiridos no período, conforme previsto pelo mercado segurador.

No mês, foi registrada uma queda de 16,4% nos valores para o perfil feminino e de 14,8% para o masculino, de acordo com levantamento da corretora Minuto Seguros com base no valor do seguro dos carros mais vendidos no Brasil.

A média geral para todos os modelos e capitais ficou em R$ 4.588,06 para o perfil masculino e R$ 2.931,71 para o perfil feminino. O ranking é elaborado de acordo com a lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Masterclass

O Poder da Renda Fixa Turbo

Aprenda na prática como aumentar o seu patrimônio com rentabilidade, simplicidade e segurança (e ainda ganhe 02 presentes do InfoMoney)

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para Marcia Camacho, diretora de operações da Minuto, é possível creditar a redução observada no preço ao incentivo do governo, encerrado em 7 de julho. “As seguradoras se mostram interessadas nesse aumento da demanda por seguro e trabalham com preços mais competitivos. Outro fator que está impactando a queda dos preços é a desvalorização de alguns veículos percebida na [tabela] FIPE”, complementa.

A previsão para julho é a continuidade na queda dos preços das coberturas securitárias. “Houve uma grande procura para compra de 0 km nos últimos dias de junho, mas os carros passam a ter entrega programada ao longo de julho, o que leva o cliente a fechar a apólice durante o mês”, explica a executiva.

Confira, abaixo, ranking dos seguros mais baratos e mais caros:

Top 3 seguros mais caros
Perfil masculino

  1. T-Cross: R$ 5.230,79 (+3,5%)
  2. Novo Tracker: R$ 5.136,31 (0%)
  3. Mobi Easy: R$ 4.757,97 (Não consta no mês passado)

Perfil feminino

  1. Novo Tracker: R$ 3.529,84 (+0,7%)
  2. T-Cross: R$ 3.467,28 (+0,2%)
  3. Novo Onix Sedan Plus: R$ 2.988,94 (-2,5%)

Top 3 seguros mais baratos
Perfil masculino

  1. Novo HB20 Sense: R$ 3.889,13 (não consta no mês passado)
  2. Novo Onix Hatch: R$ 4.347,58 (-1,0%)
  3. Argo 1.0: R$ 4.378,10 (+7,2%)

Perfil feminino

  1. Mobi Easy: R$ 2.506,76 (não consta no mês passado)
  2. Novo Onix Hatch: R$ 2.672,44 (-0,7%)
  3. Novo HB20 Sense: R$ 2.697,41 (Não consta no mês passado)

Das 11 capitais analisadas, Florianópolis (SC) registrou os menores preços médios para os perfis masculino e feminino, dentre os 10 modelos analisados no mês. O valor apurado para o perfil masculino foi de R$ 3.037,15 (-13%) e para o feminino de R$ 2.513,78 (-16,2%).

Já o Rio de Janeiro (RJ) obteve os maiores preços médios: R$ 5.994,15 (-17,1%) para o perfil masculino e R$ 3.406,64 (-17,5%) para o feminino.

O Novo Polo, que permanece como o mais vendido, foi destaque na análise por modelo tanto no mês – em comparação com o maio – quanto no trimestre. Em junho, registrou queda no perfil feminino e aumento no perfil masculino.

No perfil feminino, a maior variação se deu em Porto Alegre (RS), onde chegou a R$ 2.727,55 (-12,1%). Já no masculino, ocorreu em Goiânia (GO), onde atingiu R$ 5.902,09 (+48,7%). A média dos valores foi R$ 2.833,87 (-5,1%) para o perfil feminino e R$ 4.491,90 (+0,8%) para perfil masculino. No trimestre, houve queda de 0,5% no valor médio masculino no período, atingindo R$ 4.491,90. Já no feminino a queda foi maior, chegando a 5,5% com valor médio de R$ 2.833,87.

Para as cotações, foram considerados os perfis homem e mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram analisados dados de 11 capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Recife (PE), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Vitória (ES) e Salvador (BA). Os preços foram cotados levando em conta 15 seguradoras: Azul, Alfa, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Ituran, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e Zurich.

Jamille Niero

Jornalista especializada no mercado de seguros, previdência complementar, capitalização e saúde suplementar, com passagem por mídia segmentada e comunicação corporativa.