Energia elétrica

Conta de luz: Aneel aprova reajuste de 52% na bandeira vermelha patamar 2

A taxa passará de R$ 6,243 por 100 kWh para R$ 9,49 por 100 kWh

SÃO PAULO – A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (29) um reajuste na bandeira vermelha patamar 2. A alta será de 52%, elevando a taxa de R$ 6,243 por 100 kWh para R$ 9,49 por 100 kWh. A decisão foi tomada por quatro votos contra um, em reunião da Aneel.

As bandeiras tarifárias são cobranças extras na conta de luz, o que impacta tanto as despesas das empresas quanto a das famílias. As bandeiras podem ser verde (sem cobrança extra), amarela ou vermelha. A bandeira vermelha patamar 2 é o maior nível de cobrança previsto no sistema. Agora, esse patamar ficou ainda mais custoso.

A diretoria da Aneel decidiu também novos valores para as outras bandeiras. A amarela será de R$ 1,874 a cada 100 kWh; a vermelha patamar 1, de R$ 3,971 a cada 100 kWh.

As bandeiras são cobradas dependendo das condições de geração de energia. Por conta da falta de chuvas, o país tem dependido das termelétricas, que geram uma energia mais cara do que a das hidrelétricas. Segundo comunicado da agência, “o valor deliberado pela Diretoria Colegiada da ANEEL para a bandeira vermelha patamar 2 contempla os custos de geração de energia elétrica decorrentes da conjuntura hidrológica de exceção vivenciada neste momento, a pior desde 1931 segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS). Uma nova consulta pública será aberta nos próximos dias para avaliação do valor da bandeira tarifária patamar 2.”

Leia também:
• Crise hídrica pode ter alto impacto sobre popularidade de Bolsonaro, dizem analistas

A Aneel decidiu retomar as bandeiras tarifárias em dezembro de 2020. O sistema estava suspenso desde maio, para aliviar o orçamento dos consumidores por conta da pandemia de Covid-19. Segundo o portal de notícias G1, a previsão é que a bandeira tarifária vermelha perdure de julho até novembro de 2021.

Como calcular créditos e empréstimos?
Baixe de graça uma planilha para simular o valor das prestações, o custo dos juros, as linhas mais atrativas e as instituições com as menores taxas:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.