Em minhas-financas / consumo

Greve Geral: Prefeitura de SP recua e mantém rodízio e Zona Azul na sexta-feira

No início da tarde, a prefeitura emitiu comunicado suspendendo rodízio de veículos e Zona Azul

Transporte São Paulo
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo mudou de ideia e decidiu manter o rodízio de veículos nesta sexta-feira (14), apesar da programação de greve dos transportes públicos na cidade. 

No início da tarde, a administração municipal emitiu um comunicado suspendendo o rodízio e as regras de utilização da Zona Azul em toda a cidade. Às 17h09, porém, recuou da decisão. Confira a nota abaixo:

"A Prefeitura de São Paulo informa que o rodízio municipal de veículos está mantido nesta sexta-feira (14/6) e que vai monitorar a situação do trânsito durante todo o dia.  Também está mantida a Zona Máxima de Restrição a Fretados e as regras de utilização da Zona Azul em toda a cidade de São Paulo".

Greve Geral

As principais centrais sindicais da cidade divulgaram que irão cruzar os braços por 24h na sexta-feira como oposição à reforma da Previdência. 

Além dos sindicatos de transportes públicos, que inclui metroviários, ferroviários e rodoviários, a União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), Força Sindical, Sindicato dos trabalhadores em depósito de distribuição de bebidas (Sindbeb), Eletricitários/SP, Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep), Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Padeiros, entre outros, também apoiam a greve. 

 

Contato