Consórcio cresce e ultrapassa 8 milhões de participantes pela primeira vez

Entre janeiro e maio, foram contabilizadas 1,35 milhão de adesões, um terço a mais que o verificado no mesmo período do ano passado

Equipe InfoMoney

Publicidade

SÃO PAULO – O número de pessoas que possuem consórcios ativos chegou a 8,02 milhões em maio, cerca de 13% acima dos 7,10 verificados um ano atrás. Entre janeiro e maio, foram contabilizadas 1,35 milhão de adesões, um terço a mais que o verificado no mesmo período do ano passado.

A maior parte dos participantes está nos consórcios de veículos automotores, incluindo os leves, os pesados e as motocicletas, com 6,61 milhões de pessoas. Depois vêm os consórcios de imóveis, que chegaram a 1,09 milhão de clientes. Os voltados à aquisição de serviços somam 197 mil participantes e os de eletrônicos e outros bens duráveis, 121 mil.

O volume de créditos comercializados neste ano, até maio, chegou a R$ 83,19 bilhões, com um crescimento de 71,4% frente ao mesmo período de 2020. Houve aumento, também, do tíquete médio das cotas, que chegou a R$ 62,09 mil no mês passado, 33% superior ao de um ano atrás.

Masterclass

O Poder da Renda Fixa Turbo

Aprenda na prática como aumentar o seu patrimônio com rentabilidade, simplicidade e segurança (e ainda ganhe 02 presentes do InfoMoney)

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

É um sinal de que os valores dos bens que as pessoas pretendem adquirir com a carta de crédito do consórcio é maior hoje do que no passado.

Para Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), o interesse do consumidor pela modalidade é crescente. “As administradoras aceleraram mudanças internas, visando facilitar o atendimento das necessidades do público, mostrando-se mais objetivas, evidenciando as peculiaridades e vantagens que os consórcios oferecem dentro da essência da educação financeira”, disse.