Prêmio recorde

Como o prêmio da mega da virada é calculado

A Mega da Virada deve pagar R$ 350 milhões aos vencedores. Entenda como esse prêmio é calculado e para onde vai o dinheiro arrecadado

Por  Equipe InfoMoney -

A Mega da Virada deve pagar aos vencedores do concurso realizado no sábado (31) cerca de R$ 350 milhões – o maior da história.

O valor arrecadado com as apostas, contudo, é muito superior a isso, já que apenas uma parcela da arrecadação é devolvida em forma de prêmio.

Como é distribuído o valor da mega sena

De todo dinheiro acumulado com as apostas, que, hoje, custam R$ 4,5 (aposta simples, com seis dezenas), 43,35% corresponde ao prêmio bruto. Nessa porcentagem, 35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena), 19% entre os acertadores de 5 números (Quina), 19% entre os acertadores de 4 números (Quadra), 22% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 6 número nos concursos de final 0 ou 5. E mais: 5% ficam acumulados para o maior prêmio do último concurso do ano: a Mega da Virada.

Particularidades da Mega da Virada

Nos dois últimos meses do ano, começam as apostas para a Mega da Virada que paga 62% do valor destinado aos prêmios para quem acertou os 6 números, 19% para quem acertou 5 e 19% para quem acertou 4.

Não existindo apostas premiadas com seis números, o prêmio é dividido entre os acertadores de 5 números. E não havendo acertadores dos 6 ou 5 números, todo esse bolo é dividido entre quem acertou quatro números.

Arrecadação

Quem joga na Mega da Virada ou em concursos normais da Mega Sena pode não saber, mas parte do valor arrecadado com as apostas é repassado ao Governo Federal que realiza, com o dinheiro, investimentos em diversas áreas.

Em concursos normais, 43,35% do valor arrecadado é destinado ao prêmio, enquanto 17,32% vai para a seguridade social, 2,92% vai para o Fundo Nacional da Cultura, 1% vai para o Fundo Penitenciário Nacional, e 1,73% vai para o Comitê Olímpico do Brasil, o COB. Confira o destino das verbas na tabela abaixo.

Prêmio Bruto43,35%
Despesas de custeio e manutenção:
Comissão dos lotéricos – 8,61%
Despesas operacionais – 9,57%
Fundo de Desenvolvimento de Loterias – 0,95%
19,13%
Seguridade Social17,32%
Fundo Nacional de Segurança Pública9,26%
Fundo Nacional da Cultura2,92%
Ministério do Esporte (Ministério da Cidadania)2,46%
Comitê Olímpico do Brasil1,73%
Fundo Penitenciário Nacional1%
Secretarias de esportes ou órgãos equivalentes1%
Comitê Paralímpico Brasileiro0,96%
Comitê Brasileiro de Clubes0,5%
Confederação Brasileira do Desporto Escolar0,22%
Confederação Brasileira do Desporto Universitário0,11%
Fenaclubes0,04%

Aposta perdida

Em 2020, duas apostas acertaram as seis dezenas e quase levaram R$ 162 milhões cada. Quase porque uma delas, feita eletronicamente, não retirou o prêmio. O Procon tentou forçar a Caixa a notificar o vencedor, mas não adiantou. Passados os 90 dias de prazo após a realização do sorteio, a bolada foi repassada para o Fundo de Financiamento do Ensino Superior (FIES).
Pode parecer uma exceção, mas todos os anos milhões de reais deixam de ser resgatados, segundo a Caixa Econômica Federal. Só em 2020, a montanha de dinheiro “abandonada” somou mais de R$ 312 milhões – quase o valor de outra Mega da Virada.

Quer sair da poupança, mas não sabe por onde começar? Esta aula gratuita com a sócia da XP mostra como fazer seu dinheiro render mais, sem precisar assumir mais riscos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe