Clientes do Bradesco relatam valores a mais em contas após sumiço de dinheiro

Banco registrou nesta semana falha no processamento dos saldos das contas correntes

Maria Luiza Dourado

Publicidade

Depois de enfrentarem problemas relacionados ao sumiço de dinheiro, com contas negativadas e até saldo zerado, os correntistas do Bradesco relatam uma nova inconsistência: recebimento de valores a mais para seus saldos.

Uma usuária da rede social X (antigo Twitter) diz ter recebido R$ 10 mil a mais. Outra afirmou: “apareceu dinheiro na minha conta do Bradesco do nada”. “Simplesmente eu tinha R$ 0,14 no Bradesco e hoje acordei assim”, diz outro relato acompanhado de uma imagem que mostra um saldo de R$ 2.664,40.

O novo problema foi tornado público na terça-feira (28), um dia depois do primeiro erro que pode ter gerado a segunda ocorrência. Procurada pela reportagem do InfoMoney, a instituição financeira ainda não se manifestou sobre os saldos a mais nas contas de alguns correntistas. O espaço segue aberto para atualização.

Masterclass

O Poder da Renda Fixa Turbo

Aprenda na prática como aumentar o seu patrimônio com rentabilidade, simplicidade e segurança (e ainda ganhe 02 presentes do InfoMoney)

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Sumiço de dinheiro

O Bradesco trata, desde esta terça, como resolvido o sumiço de dinheiro das contas dos correntistas registrado na segunda-feira (27). “A atualização do saldo das contas que tiveram problema foi regularizada [na manhã de terça, 28]”.

A falha, segundo o banco, ocorreu “no processamento noturno, que não atualizou corretamente o saldo da conta corrente de um grupo reduzido de clientes.”

Mesmo dizendo oficialmente que a inconsistência foi totalmente solucionada, relatos de correntistas continuam a tomar conta das redes sociais nesta quarta-feira (29). Veja algumas queixas coletadas pela reportagem nas redes sociais:

Continua depois da publicidade

Em resposta direta às reclamações dos clientes, o Bradesco tem reforçado que as “eventuais divergências [ocorridas] no saldo foram regularizadas. Pedimos desculpas pelo incoveniente.”

Maria Luiza Dourado

Repórter de Finanças do InfoMoney. É formada pela Cásper Líbero e possui especialização em Economia pela Fipe - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.