Caixa inicia pagamento do último ciclo do auxílio emergencial a partir deste domingo; confira calendário

São dois grupos: os beneficiários que recebem a parcela única de R$ 300 e um grupo que foi aprovado posteriormente e vai receber uma parcela de R$ 600

Giovanna Sutto

(Rmcarvalho/Getty Images)

Publicidade

SÃO PAULO – A Caixa inicia neste domingo (13) o pagamento do último ciclo do auxílio emergencial, que vai até dia 29 de dezembro. Dois grupos serão beneficiados.

O primeiro grupo é composto de trabalhadores que receberam a primeira parcela do benefício em julho e receberão uma única parcela de R$ 300 agora em dezembro. São cerca de 1,2 milhão de pessoas. Para entender como funciona a definição do número de parcelas de R$ 300, clique aqui.

O segundo grupo, de 800 mil, pessoas vai receber o auxílio emergencial de R$ 600 conforme o mesmo calendário, porque teve o cadastro reavaliado e foi aprovado posteriormente.

Masterclass

O Poder da Renda Fixa Turbo

Aprenda na prática como aumentar o seu patrimônio com rentabilidade, simplicidade e segurança (e ainda ganhe 02 presentes do InfoMoney)

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Os pagamentos para os beneficiários do auxílio de R$ 600 terminou no ciclo 4 do calendário da Caixa – em que os trabalhadores nascidos em dezembro receberam o crédito do valor em 20 de novembro e puderam fazer o saque a partir de 5 de dezembro. Para saber mais sobre esse calendário, clique aqui. Assim, essas pessoas que ainda recebem o valor integral de R$ 600 são exceção.

Esse ciclo 6 contempla um grupo total de cerca de 2 milhões de pessoas. Cada uma vai receber sua última parcela do auxílio, considerando que o programa não será estendido pelo governo federal. A sinalização do governo é de que não haverá uma continuação do auxílio emergencial porque os cofres públicos não conseguiriam absorver mais uma rodada, devido ao quadro fiscal.

Assim como os ciclos anteriores, o cronograma segue a data de nascimento do beneficiário. Na prática, os primeiros a receber serão os nascidos em janeiro. Os últimos, em dezembro. Entre 19 de dezembro e 27 de janeiro de 2021, os beneficiários poderão sacar os recursos em espécie ou transferir para outras contas. A liberação dos valores segue a mesma lógica dos créditos: o mês de nascimento.

Continua depois da publicidade

Confira abaixo o calendário completo do Ciclo 6: 

Mês de nascimento  Data do crédito do benefício na Poupança Digital  Data para que o usuário faça o saque ou transfira o valor 
Janeiro 13 de dezembro 19 de dezembro
Fevereiro 13 de dezembro 19  de dezembro
Março 14 de dezembro 04 de janeiro
Abril 16 de dezembro 06 de janeiro
Maio 17 de dezembro 11 de janeiro
Junho 18 de dezembro 13 de janeiro
Julho 20 de dezembro 15 de janeiro
Agosto 20 de dezembro 18 de janeiro
Setembro 21 de dezembro 20  de janeiro
Outubro 23 de dezembro 22 de janeiro
Novembro 28 de dezembro 25 de janeiro
Dezembro 29 de dezembro 27 de janeiro

Como sacar o auxílio

Para realizar o saque, o trabalhador tem algumas opções. É possível ir presencialmente a uma agência da Caixa, a unidades lotéricas e a correspondentes Caixa Aqui, de forma escalonada conforme o calendário citado acima.

Para quem deseja fazer o saque em espécie, é necessário gerar um código. Veja o passo a passo:

  1. Acesse o aplicativo Caixa Tem e selecione a opção “Saque sem cartão”;
  2. Clique em “Gerar código para saque”;
  3. Clique em “Gerar código”;
  4. Digite a senha do Caixa Tem.

Com o código de seis dígitos em mãos, já será possível realizar o saque em agências, caixas eletrônicos, canais lotéricos ou correspondentes Caixa Aqui.

Esse código tem validade de apenas uma hora. Caso o usuário não consiga finalizar o saque nesse período, basta gerar um novo código seguindo os mesmos passos, sem custo.

Vale ressaltar que continua disponível a opção de utilização dos valores creditados na Poupança Social Digital digitalmente, pelo aplicativo Caixa Tem. É possível pagar de boletos e contas de água, de luz, de telefone, entre outras.

Como fazer a transferência do valor do auxílio

Outra opção, além de sacar em espécie, é fazer uma transferência para a própria conta corrente da Caixa ou de outra instituição financeira.

Para fazer isso, o usuário também deve acessar o aplicativo Caixa Tem:

  1. No menu principal, clique na opção “Transferir dinheiro”;
  2. Depois, insira os dados da conta de destino.

A transferência funciona como as demais operações bancárias. O dinheiro pode ser enviado para uma conta de mesmo CPF ou de um terceiro, de acordo com a preferência do beneficiado.

Balanço

Até a última quinta-feira (10), considerando o auxílio emergencial de R$ 600 e a extensão de R$ 300, foram pagos R$ 273 bilhões para 67,9 milhões de brasileiros, num total de 474,1 milhões de pagamentos.

Ao todo, foram processados 109,2 milhões de cadastros para o Auxílio Emergencial.

Treinamento gratuito: André Moraes mostra como identificar operações com potencial de rentabilidade na Bolsa em série de 3 lives – assista!

Giovanna Sutto

Repórter de Finanças do InfoMoney. Escreve matérias finanças pessoais, meios de pagamentos, carreira e economia. Formada pela Cásper Líbero com pós-graduação pelo Ibmec.