Pressão

Auditores fiscais agropecuários decidem realizar greve de ‘alerta’

Paralisação deve afetar a liberação de cargas de origem animal e vegetal e insumos agrícolas e pecuários em portos e aeroportos do país

Por  Estadão Conteúdo -

Os auditores fiscais agropecuários decidiram realizar greve de “alerta” nos dias 14 e 15 deste mês, informa o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical).

A decisão foi tomada em assembleia realizada no fim da tarde desta terça-feira (7). Segundo a Anffa, a greve será em protesto ao Projeto de Lei 1293/2021, que tramita no Senado e que trata de programas de autocontrole dos agentes privados regulados pela defesa agropecuária.

O sindicato diz que o projeto “precariza” os serviços fiscais federais agropecuários. “Na prática, a proposta permite ao setor produtivo se autofiscalizar”, diz a entidade em nota.

De acordo com o sindicato, a paralisação deve afetar a liberação de cargas de origem animal e vegetal e insumos agrícolas e pecuários em portos e aeroportos de todo o país e também o abate de animais em frigoríficos.

O sindicato afirma que, caso o PL do Autocontrole não seja debatido, uma nova assembleia será realizada para a realização de uma greve mais ampla. A entidade questiona trechos do projeto como a permissão de registro automático de produtos, entre eles os produtos de uso veterinário aplicados em animais produtores de alimentos e drogas antimicrobianas.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Leia também:

Compartilhe