Em minhas-financas / aposentadoria

Aposentadoria não terá mudanças até o fim do governo Dilma, diz jornal

Segundo o ministro da Previdência, assunto não seria assimilado em ano eleitoral

Previdência - idosos - detalhe da mão de um idoso
(Getty Images)

SÃO PAULO – Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, o ministro da Previdência, Garibaldi Alves, afirmou que as mudanças nas regras da aposentadoria e o fim do fator previdenciário (cálculo que considera a idade, o tempo de contribuição e a expectativa de sobrevida do segurado para definir o valor do benefício) não serão discutidos até o fim do governo da presidente Dilma Rousseff.

Segundo a publicação, o ministro acredita que as alterações poderiam enfrentar resistências no Congresso, ainda que tivesse apoio da sociedade. Além disso, para ele, este não é um assunto que seria assimilado em um ano eleitoral. “Não há condições políticas necessárias para se efetivar uma reforma dessa complexidade num ano eleitoral”, disse o ministro ao jornal.

 

Contato