Locação de imóveis

Aluguel: os bairros de SP e RJ que mais valorizaram ou desvalorizaram em 2020

O Índice QuintoAndar de Aluguel leva em consideração valores reais de contratos fechados, e não apenas os anunciados

Uma foto com um zoom na porta de entrada mostrando a fechadura com uma chave nova.
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Na cidade de São Paulo, quem mora em um imóvel por meio de aluguel no bairro do Mandaqui (Zona Norte) viu o preço médio do metro quadrado aumentar 14,1% entre julho e dezembro de 2020. Já quem aluga em Santo Amaro (Zona Sul) viu uma queda de 31,3% no preço do m², no mesmo período. No Rio de Janeiro, os imóveis para alugar na Barra da Tijuca (Zona Oeste) viram a maior valorização por metro quadrado: 14,5% no segundo semestre do último ano. A maior desvalorização ficou na Lagoa (Zona Sul), de 16,2%.

Ao todo, porém, as duas cidades viram, em média, uma queda no preço por metro quadrado das propriedades para alugar – possivelmente um reflexo das dificuldades econômicas geradas pela pandemia do novo coronavírus nos locatários.

É o que mostra o Índice QuintoAndar de Aluguel. O QuintoAndar é uma plataforma de anúncio, negociação e administração de imóveis para compra e locação. Tem mais de R$ 30 bilhões em ativos sob gestão na frente de locação (valor dos imóveis com aluguel administrado pela startup).

O índice analisa apenas as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Sua última edição avalia dezembro de 2020, assim como faz um balanço do último semestre e do último ano.

Leia mais
QuintoAndar mais que dobrou faturamento neste ano de pandemia – e busca repetir a dose em 2021

Metros quadrados mais valorizados e desvalorizados

Em São Paulo, o valor médio do metro quadrado para locação terminou o último ano em R$ 35,43. A queda ao longo de 2020 foi de 6,26%.

Mandaqui, Vila Carrão, Bom Retiro, Butantã e Jardim São Saverio foram os bairros paulistanos cujo m² de aluguel mais valorizou percentualmente nos últimos seis meses. Já Santo Amaro, Centro, Real Parque, Vila Nova Conceição e Paraíso viram as maiores desvalorizações.

Já no Rio de Janeiro, o valor médio do metro quadrado para locação desvalorizou 3,51% ao longo do último ano e terminou em R$ 29,09. As maiores valorizações percentuais nos últimos seis meses foram vistas em Barra da Tijuca, Leblon, Recreio, Vila Isabel e Freguesia. As maiores desvalorizações estão nos bairros Lagoa, Santa Teresa, Ipanema, Laranjeiras e Botafogo.

PUBLICIDADE

Desconto entre valor anunciado e contrato fechado

O Índice QuintoAndar de Aluguel leva em consideração valores reais de contratos fechados, e não apenas os anunciados. A empresa avaliou quanto os donos de propriedades para alugar cederam ao longo de 2020.

Leia mais
Preço para comprar imóveis residenciais sobe 3,70% em 2020; veja bairros mais caros e baratos em SP e RJ

Em tempos de pandemia, houve flexibilidade na negociação para aluguel. Em São Paulo, a diferença entre o valor anunciado de imóveis para locação e o contrato fechado foi de -12,02% em dezembro de 2020. No ano, a desvalorização foi de 7,7 pontos percentuais. No Rio de Janeiro, a diferença entre anunciado e fechado ficou em -14,89% no último mês de 2020. A queda foi de 6,93 pontos percentuais ao longo do ano.

Planeje seus gastos
Baixe de graça a planilha de controle financeiro com todos os cálculos para monitorar seus gastos mensais e veja um resumo sobre a evolução do seu orçamento ao longo do ano:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.