Produção no radar

Vale (VALE3) tem produção mais “lenta” no início de 2022, enquanto prêmio é destaque positivo para os analistas

Apesar de queda na produção, analistas reiteram confiança com guidance para o ano de 2022 e visão positiva para as ações da mineradora

Por  Equipe InfoMoney -

 

 

A Vale (VALE3) divulgou na noite da última terça-feira (19) seu relatório de produção e vendas do primeiro trimestre de 2022.

A produção de minério de ferro totalizou 63,9 milhões de toneladas, queda de 6% ante igual período de 2021, enquanto o volume de vendas da commodity recuou ainda mais. Por sua vez, reportou alta do prêmio do seu produto de melhor qualidade, de US$ 9 a tonelada.

A diminuição no volume produzido, segundo a mineradora, foi causada por uma combinação de fatores, dentre eles a menor disponibilidade principalmente em Serra Norte, diante de atrasos de licenciamento.

Houve também a interrupção durante quatro dias da estrada de ferro Carajás devido a fortes chuvas em março. A empresa reportou também impacto das chuvas em Minas Gerais em janeiro, que afetaram temporariamente as operações dos Sistemas Sul e Sudeste, e também impactaram a disponibilidade de compra de minério de terceiros, disse a empresa.

“Essas questões foram parcialmente compensadas pela melhoria da capacidade de produção dos Sistemas Sul e Sudeste, após o comissionamento e retomada de vários ativos ao longo de 2021”, destacou a empresa.

A XP destacou ver os dados operacionais como ligeiramente negativos do ponto de vista da produção, pois ficaram abaixo dos números de consenso.

Além disso, uma produção mais baixa reduz a alavancagem operacional da empresa. No entanto, apontam os analistas, mantém a oferta global de minério de ferro apertada, suporta preços mais altos, bem como prêmios realizados com vendas de pelotas. Os analistas mantêm recomendação de compra para Vale, com preço-alvo de R$ 97,1 por ação, ou potencial de alta de cerca de 11% em relação ao fechamento de terça-feira.

O Bradesco BBI destacou positivamente o prêmio no preço do minério de ferro de US$ 9 a tonelada, o nível mais alto desde o segundo trimestre de 2019 e contra US$ 4,70 no quarto trimestre de 2021, devido a um spread maior do ferro de pureza de 65%, baixos índices de minério de alumina, maiores prêmios de pelotas e melhor mix de produtos. O prêmio também ficou acima da estimativa do BBI de cerca de US$ 6,60 a tonelada, impulsionado pela maior contribuição dos prêmios de pelotização.

O BBI aponta que os números de venda de minério de ferro no 1T22 ficaram de acordo com as suas expectativas e, apesar do início mais fraco da produção de minério de ferro em 2022, com chuvas mais fortes do que o normal e algumas questões de licenciamento / produtividade, a Vale reiterou sua orientação (guidance) de produção de 320 milhões a 335 milhões de toneladas (mt) para 2022.

Os analistas do banco atualmente estimam o modelo de vendas de minério de ferro em 320 mt para 2022, o que implica uma produção de cerca de 325 mt. No lado dos metais base, as vendas no primeiro trimestre foram mais fracas do que esperávamos, embora a Vale tenha mantido a orientação de produção para o ano, o que implica na continuação da normalização das operações após um 2021 forte.

A recomendação de compra em VALE3 pelos analistas do banco foi reiterada, com um preço-alvo de R$ 135, ou potencial de alta de 54%. As ações negociam a 3,3 vezes o múltiplo de valor da empresa sobre o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EV/Ebitda) estimado para 2022 com um rendimento de 19% ao FCF (fluxo de caixa livre) e 15% de dividendos (assumindo US$ 130 a tonelada para o preço do minério de ferro em 2022).

O Itaú BBA também possui recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para o ADR (na prática, os ativos da companhia negociados na Bolsa de Nova York) da Vale, com preço-alvo de US$ 19, ainda que um modesto potencial de valorização de 1,3% em relação ao fechamento da véspera.

Os volumes de vendas de minério de ferro (finos + pelotas) no trimestre ficaram 3% abaixo das estimativas do banco e a produção veio 23% abaixo do projetado, enquanto os analistas também reiteraram o prêmio acima do esperado. Os volumes de níquel e cobre ficaram abaixo das expectativas. Apesar de tudo, o banco continua confortável ​​com sua estimativa de Ebitda de US$ 6,5 bilhões para o primeiro trimestre de 2022.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

 

Compartilhe