Análise produção

Vale (VALE3) tem números de produção com resultados mistos; ações recuam

Bancos mantiveram inalteradas suas recomendações de compra às ADRs da mineradora

Por  Equipe InfoMoney -

A Vale (VALE3) reportou sua prévia operacional de produção do quarto trimestre do ano passado com resultados considerados mistos por analistas. Na abertura dos negócios na B3, as ações da empresa, por volta das 10h28, recuam 1,39%, a R$ 92,57. Lá fora, os ADRs, após operarem no positivo, viraram para o negativo, com queda de 0,34%, a US$ 17,79.

“Vemos esses resultados como mistos”, escreveram os analistas da XP, em relatório, argumentando que, no lado positivo, a estratégia da Vale de reduzir a produção de minério de ferro e aumentar as vendas de pelotas impulsiona a agregação de valor, enquanto mantém o mercado de minério de ferro apertado.

Entretanto, conforme os especialistas da XP, no lado negativo, a menor produção entre as divisões diminui a alavancagem operacional da empresa. Dessa forma, a XP mantém recomendação de compra às ADRs da Vale, com preço-alvo de US$ 17,6/ADR R$ 97,1/ação.

Leia também:

Para o Itaú BBA, o resultado veio ligeiramente positivo, com fortes vendas de minério, o que levou a instituição a elevar ligeiramente sua estimativa para o Ebitda no quarto trimestre de 2021 para para US$ 7,45 bilhões.

No mais, o BBA avaliou que volumes de vendas de minério de ferro (finos + pelotas) foram mais fortes do que o esperado, mas que os de metais básicos ficaram um pouco mais fracos. A recomendação do BBA para a Vale é de Outperform, com preço-alvo de US$ 19,0.

O Morgan Stanley classificou o desempenho como “sem grandes surpresas”. “Vemos apenas um potencial positivo limitado para nossa estimativa de Ebitda do 4T21 de US$ 6,5 bilhões devido aos embarques do 4T21.” A recomendação do banco é Outperform, com preço-alvo de US$ 17,50.

Conforme o Morgan, o desempenho de minério de ferro foi em linha e as vendas de pelotas mais altas, provavelmente compensando os menores volumes de carvão, níquel e cobre. “Nossas estimativas de produção para 2022 estão dentro do guidance da Vale, que permaneceu inalterado”

O Bradesco BBI destacou que os embarques de minério de ferro foram ligeiramente acima do esperado, enquanto os números da produção ficaram em linha com as expectativas.

“Reafirmamos nosso rating outperform na Vale com preço-alvo de US$ 20 por ADR”, destacou o BBI, ressaltando que a ação é negociada a 4,6x EV/EBITDA 2022E com um rendimento FCF de 11%, e um rendimento de dividendos de 11% (assumindo um preço conservador de US$ 100/t do minério de ferro para 2022).

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe