Proventos "gordos"

Vale atualiza valor final de dividendos para R$ 8,19, a serem pagos no dia 30 de setembro

Segundo a companhia, ajuste ocorre por conta de mudança no número de ações em circulação devido ao programa de recompra anunciado em abril

SÃO PAULO – A mineradora Vale (VALE3) informou nesta quarta-feira (22), em aviso aos acionistas, uma mudança no número de ações em circulação da companhia devido ao programa de recompra anunciado em 1º de abril.

Desta forma, o valor final dos dividendos por ação, para pagamento dos proventos em 30 de setembro, passa a ser de R$ 8,197239442 por ação.

Na semana passada, a Vale havia anunciado a distribuição de R$ 40,2 bilhões em dividendos aos seus acionistas, o que correspondia a R$ 8,108316476 por ação – uma diferença de 1,1%.

Considerando o valor de fechamento dos papéis ordinários VALE3 na terça-feira (21), o provento tem um dividend yield, métrica obtida pela divisão do valor do dividendo pelo preço da ação, de 9,74%.

Leia também:
Dividendos: empresas antecipam pagamentos antes da reforma do IR; vale a pena investir?

Receberão os proventos todos os investidores que possuírem ações da Vale em carteira no fechamento do pregão de 22 de setembro e todos os estrangeiros detentores de ADRs (na prática, as ações de empresas brasileiras negociadas em Nova York) da mineradora no dia 24 de setembro.

O dia 23 de setembro será a “data-ex” da distribuição, ou seja, quem comprar ações da Vale a partir desse dia não terá mais direito a receber os dividendos. O pagamento será efetuado no dia 30 de setembro.

Os proventos anunciados vieram acima do esperado por analistas do mercado financeiro, que reiteram suas apostas positivas para os papéis da companhia. Leia mais aqui.

Como aproveitar

O primeiro passo para aproveitar o dividendo é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores credenciada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Lembre-se que quanto menores os custos operacionais, maior será a sua rentabilidade, portanto dê preferência para corretoras que não cobram taxa pela corretagem de ações.

PUBLICIDADE

Uma vez com a conta aberta, basta transferir o dinheiro a ser investido de sua conta corrente para a conta da corretora e enviar uma ordem de compra de ações da empresa, informando a quantidade de ações que você deseja comprar.

Analista TOP 3 em rentabilidade de curto prazo compartilha seu método exclusivo na Bolsa