Medida extrema

Theresa May oferece renúncia em troca de aprovação do Brexit

O texto já foi rejeitado duas vezes pela Câmara dos Comuns, e o governo britânico corre contra o tempo para aprová-lo e garantir o adiamento do Brexit para 22 de maio

ANSA) – A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, ofereceu nesta quarta-feira (27) sua renúncia em troca da aprovação do acordo para retirar o país da União Europeia.

O texto já foi rejeitado duas vezes pela Câmara dos Comuns, e o governo britânico corre contra o tempo para aprová-lo e garantir o adiamento do Brexit para 22 de maio.

“Entendi que existe o desejo por uma abordagem diferente e por uma nova liderança para a segunda fase das negociações e não me oporei a isso”, disse May a deputados do Partido Conservador, segundo a íntegra do discurso divulgada pelo governo.

PUBLICIDADE

“Sei que alguns estão preocupados que, se votarem a favor do acordo, eu tomarei isso como um mandato para entrar na segunda fase sem o debate de que precisamos. Não farei isso, escutei o que vocês me disseram, mas devemos aprovar o acordo e fazer o Brexit”, acrescentou May.

Nas duas votações realizadas pelo Parlamento, o tratado foi rejeitado por ampla maioria, principalmente em função do “backstop”, mecanismo que prevê fronteiras abertas entre Irlanda do Norte e República da Irlanda no caso de fracasso em futuras negociações comerciais entre Londres e Bruxelas.

“Peço a todos os presentes nessa sala que apoiem o acordo, para que possamos cumprir nosso dever histórico: realizar a decisão do povo britânico e deixar a União Europeia em uma saída linear e ordenada”, concluiu May. (ANSA)

Seja sócio das maiores empresas da bolsa com TAXA ZERO de corretagem: abra uma conta na Clear