Terceira idade quer conforto quando viaja; veja quanto custam os pacotes preferidos

Em agências, Pousada do Rio Quente, cidades históricas de Minas, Holambra e Atibaia são os destinos mais buscados

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Turistas da terceira idade gastam mais do que os mais jovens na hora de viajar. Quando arrumam as malas em busca de descanso, pessoas com mais de 60 anos procuram mais conforto – em hotéis mais caros – e locais que garantam tranquilidade.

“Eles têm maior disponibilidade de tempo para viajar e estão mais tranquilos financeiramente. Na maioria das vezes procuram acomodações de quatro a cinco estrelas, enquanto que casais mais novos querem economizar e optam pelo três estrelas”, explicou o gerente da agência Premium, Gilmar da Silva.

Pacotes

Conforme Silva, Pousada do Rio Quente, em Goiás, cidades históricas de Minas Gerais, Holambra e Atibaia, ambas em São Paulo são os destinos preferidos desse perfil de turista que vai à Premium.

No caso dos municípios mineiros e no interior paulista, os preços variam de R$ 600 a R$ 700, para quatro dias de passeio, mais passagem rodoviária. A pousada do Rio Quente já é mais cara, de R$ 1,3 mil a R$ 1,5 mil, com transporte aéreo e uma semana de viagem.

“Alguns resorts na Bahia também são muito procurados, mas têm preço maior: cerca de R$ 1,9 mil, por uma semana”, adicionou Silva.

Se vai de carro

Especialistas do Flat Residencial Santa Catarina, de São Paulo, indicam cinco estadias para que turistas com mais de 60 anos aproveitem não só os atrativos da cidade, mas também cuidem da saúde. A empresa cotou os gastos para aqueles que decidirem ir com o próprio carro, e lembram que as diárias de hotéis nas seguintes cidades custam de R$ 90 a R$ 160:

  • Águas da Prata (a 238 quilômetros de São Paulo)
    Custo de pedágio: R$ 24,20

    Custo de combustível: R$ 52,88

    Dicas de hospedagem: Ideal e Estalagem Canaã;

  • Poços de Calda (a 250 quilômetros de São Paulo)
    Custo de pedágio: R$ 22,60

    Custo de combustível: R$ 57,59

    Dicas de hospedagem: Minas Garden e Estalagem do Café;

  • Santa Rita de Caldas: (a 270 quilômetros de São Paulo)
    Custo de combustível: R$ 61,76

    Dicas de hospedagem: Hotel Santa Rita;

  • Amparo (a 138 quilômetros de São Paulo)
    Custo de combustível: R$ 31,83

    Dicas de hospedagem: Grande Hotel Amparo e Pousada Chalé e Cia;

  • São Luís do Piratininga (a 186 quilômetros de São Paulo)
    Custo de pedágio: R$ 12,70

    Custo de combustível: R$ 43,82

    Dicas de hospedagem: Pousada Fênix e Pousada Sertão das Cotias.

Viaja mais

Vale lembrar que aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) já podem comprar pacotes de viagens por meio do Viaja Mais – Melhor Idade, programa do governo federal.

Entre os serviços estão o débito direto do benefício (crédito consignado), em até 12 vezes, com juros de 1% ao mês.

Compartilhe