Taxas de juros têm viés de baixa após produção industrial fraca e com curva dos EUA

Às 9h20 desta quarta, a taxa de contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025 marcava 10,415%, 10,406% no ajuste anterior

Estadão Conteúdo

Publicidade

Os juros futuros mostram algum alívio na curva na manhã desta quarta-feira, 5, após o resultado pior que o esperado da produção industrial e com o enfraquecimento dos retornos dos Treasuries após o relatório ADP mostrar criação de 152 mil empregos em maio, abaixo da estimativa de 175 mil.

Já a produção industrial caiu 0,5% em abril ante março, na série com ajuste sazonal, uma queda mais acentuada que a apontada pela mediana das previsões (-0,2%).

Baixe uma lista de  10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Continua depois da publicidade

Às 9h20 desta quarta, a taxa de contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025 marcava 10,415%, 10,406% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2027 caía para 11,165%, de 11,206%, e o para janeiro de 2029 cedia a 11,630%, de 11,665% no ajuste de terça-feira. O juro da T-note de 10 anos recuava a 4,321% (ante 4,326%).