Taxa de juro não muda em setembro; quanto maior o prazo, mais se gasta

Quando paga uma compra em seis meses, juros mensais são de 3,84%. Em mais de 18 meses, essa alíquota sobe para 6,83%

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Quanto maior a quantidade de parcelas que o consumidor assume em um financiamento, maiores são os juros mensais. A informação consta em pesquisa sobre taxa de juro praticada em setembro e divulgada na última terça-feira (14) pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade). O mesmo levantamento mostrou que o percentual médio mensal se manteve em 7,25% ao mês.

Conforme o estudo, quando escolhe pagar uma compra em seis meses, o consumidor desembolsa 3,84% de juros mensais. Já pagando a conta em mais de 18 meses, essa taxa chega a 6,83% – uma diferença de 2,99 pontos percentuais. Dessa forma, supondo que sejam emprestados R$ 400 para uma compra, a diferença paga entre o menor e o maior prazo (calculado em 19 meses) chega a 60%.

Taxas

A Anefac mostrou ainda que, em 12 vezes, a taxa, ao mês, é 0,21 ponto percentual menor do que a de 18 vezes. Veja, na tabela abaixo, a lista completa de taxas. Os cálculos foram feitos pela InfoMoney:

Juros de financiamento(*)
ParcelasTaxa mensalValor da parcelaGasto final
Seis3,84%R$ 75,91R$ 455,45
126,50%R$ 49,03R$ 588,33
186,71%R$ 38,94R$ 700,86
Mais de 18(**)6,83%R$ 38,21R$ 725,98

Fonte: Anefac
Nível nacional
(*) Valor contratado: R$ 400 (**)exemplo utilizado: 19 meses

Perfil

Desde maio de 2000, o perfil do financiamento mudou. Veículos podiam ser comprados em até 49 vezes, sendo que, na média, eram 26 parcelas. Outros tipos de financiamento tinham prazos de 48 (máximo) e 14 meses (média).

No nono mês deste ano, os carros foram comprados em até 84 meses, com média de 36 meses. Para aquisições de outros produtos, houve diminuição no tempo máximo, e aumento no médio: para 36 e 18 meses, respectivamente.

Compartilhe