Radar InfoMoney

Suzano aprova investimentos, CPFL e Vamos informam proventos e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo da sessão desta sexta-feira (3)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta sexta-feira (03) tem como destaque a Suzano (SUZB3), que aprovou o aumento do seu Capex para 2022.

Já CPFL Energia (CPFE3) e Vamos (VAMO3) aprovaram a distribuição de dividendos e juros sobre capital próprio.

Enquanto isso, a Meliuz (CASH3) atingiu um recorde histórico de GMV gerado em um único mês, somando R$ 923 milhões em novembro de 2021, aumento de 87% contra o mesmo período do ano anterior.

Por sua vez, a Invepar (IVPR4B) informou que a Anac aprovou revisão extraordinária do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Guarulhos, no valor de R$ 799,7 milhões.

Tempo Real: Confira análises corporativas e a cobertura instantânea das últimas notícias do mercado

Confira os destaques:

Suzano 

A Suzano (SUZB3) aprovou para o exercício de 2022 no valor total de R$ 13,6 bilhões em sua estimativa de Capex.

Já para o exercício social de 2021 foi mantido o valor de R$ 6,2 bilhões.

Segundo comunicado, a elevação se deve principalmente do investimento no Projeto Cerrado, considerando investimentos industriais, florestais, infraestrutura e logística.

CPFL

A CPFL (CPFE3) aprovou a distribuição de dividendos no valor total de R$ 804 milhões, correspondentes a R$ 0,697762553 por ação ordinária. O pagamento de dividendos será efetuado em 21 de dezembro.

Farão jus aos dividendos os acionistas detentores de ações em 9 de dezembro.

Vamos 

A Vamos aprovou o pagamento de dividendos e de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor total de R$ 190 milhões. O pagamento está previsto para 30 de dezembro.

Sobre os dividendos, serão distribuídos R$ 143,8 milhões, correspondente a R$ 0,148402255 por ação.

Com relação aos JCP, o valor bruto corresponde a R$ 46,2 milhões, correspondente a R$ 0,047678610 por ação. 

Banco Inter 

O Banco Inter informou em fato relevante ontem (2) que não irá implementar mais a sua reorganização societária, que previa a listagem de suas ações na bolsa dos EUA.

“Foi apurado um valor da opção ‘cash-out’ superior a R$ 2 bilhões, de forma que não foi atendida a condição de que o valor total a ser desembolsado para fins de pagamento da opção cash-out não excedesse tal montante”, escreveu.

Assim, a opção pelo resgate das ações, antes de serem convertidas em BDRs e, posteriormente, em ações na Nasdaq, “cash-out”, acabou superando mais de 10% de sua base de acionistas, condição que não poderia acontecer.

3R Petroleum

A 3R Petroleum (RRRP3) informou nesta sexta-feira (3) o cancelamento de sua 1ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em até três séries, no montante total de R$ 1,6 bilhão.

A companhia explica que possui recursos suficientes para cumprir as obrigações de curto e médio prazo; o plano de investimentos previsto para o portfólio de ativos; os compromissos assumidos referentes a aquisições já assinadas, bem como o montante de depósito referente à potencial aquisição do Polo Potiguar.

Cabe lembrar que 3R captou R$ 2,168 bilhões a partir do segundo follow-on em novembro.

Infracommerce

A Infracommerce ([ativo=INFC3]) registrou um crescimento orgânico de 35% nas vendas durante a Black Friday sobre um patamar já histórico do ano anterior.

Neste ano, além dos preços, o que mais atraiu os consumidores foi a entrega rápida, com aproximadamente 95% dos produtos entregues em até dois dias na cidade de São Paulo.

A Infracommerce destaca ainda que o consumo dos usuários diante da Cyber Monday registrou um aumento de 30% comparado com o mesmo período de 2020.

Invepar

Anac aprovou revisão extraordinária do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em razão dos impactos econômicos decorrentes da pandemia do Coronavírus para o setor de concessões aeroportuárias.

O valor reconhecido pela ANAC é na ordem de R$ 799,7 milhões.

Meliuz 

A Meliuz (CASH3) atingiu um recorde histórico de GMV gerado em um único mês, atingindo R$ 923 milhões em novembro de 2021, aumento de 87% contra o mesmo período do ano anterior.

O número de novos compradores também apresentou um forte crescimento de 82% na base anual.

Minerva 

A Minerva (BEEF3) concluiu a aquisição dos frigoríficos Shark Lake e Great Eastern Abattoir, ambos especializados em ovinos e situados na Austrália.

De acordo com a companhia, o início das operações deve ocorrer ainda em dezembro, e os investimentos foram realizados por meio de Joint Venture entre a Minerva Foods e a SALIC, na qual a Minerva Foods detêm 65% de participação, enquanto a SALIC os 35% restantes.

Viveo 

A Viveo (VVEO3) concluiu a aquisição da totalidade das quotas da Cirúrgica Mafra.

A companhia recém adquirida possui cinco lojas físicas e dois centros de distribuição com mais de 12 mil SKUs em seu portfólio. 

Equatorial

A Equatorial (EQTL3) informou que o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) emitiu Termo de Liberação Definitivo (TLD) para o recebimento de 100% da Receita Anual Permitida (RAP) dos ativos SPE 04 e 06, no valor total de R$ 242,1 milhões, conforme garantido nos contratos das concessões.

As SPEs 04 e 06 tiveram os TLDs dos ativos  emitidos com data retroativa à data de energização, 25 de novembro de 2021. Com a emissão, todas as linhas de transmissão do grupo se encontram 100% operacionais.

Log-In 

A Log-IN (LOGN3) informou que o TVV -Terminal de Vila Velha, sociedade controlada pela Log-In, concluiu emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie com garantia real, em série única, no valor de R$ 240 milhões.

CCR 

CCR (CCRO3) informou que volume de tráfego passará a ser divulgado mensalmente a partir de fevereiro de 2022.

AES Brasil

AES Brasil (AESB3) anunciou a incorporação das sociedades Tucano Holding I, II e F5 pela companhia.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui

Compartilhe