Resultado do banco

Santander Brasil (SANB11) registra lucro gerencial de R$ 3,88 bilhões no 4º trimestre de 2021, abaixo do esperado

Em 2021, o lucro líquido do banco atingiu a cifra de R$ 16,347 bilhões, aumento de 7% na comparação com 2020.

Por  Equipe InfoMoney -

O Santander Brasil (SANB11) reportou lucro líquido gerencial de R$ 3,880 bilhões no quarto trimestre de 2021 (4T21). O resultado representa uma redução de 10,6% em relação ao terceiro trimestre de 2021 e ficou abaixo do consenso Refinitiv, de R$ 4,309 bilhões.

Em 2021, o lucro líquido gerencial do banco atingiu a cifra de R$ 16,347 bilhões, aumento de 7% na comparação com 2020.

A margem financeira líquida foi de R$ 10,457 bilhões no 4T21, retração de 4,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Já a margem financeira líquida do acumulado do ano ficou em R$ 41,761 bilhões, alta de 8,4% na comparação com 2020.

De acordo com o Santander, a boa performance se deve a margem com clientes, que cresceu 9,8% no ano, influenciada principalmente por maiores volumes.

Leia também:

As receitas da prestação de serviços e tarifas somaram R$ 4,980 bilhões no 4T21, alta de 3,1% em relação ao terceiro trimestre de 2021. No ano, as receitas totalizaram R$ 18,879 bilhões, uma elevação de 13,9% em relação ao ano de 2020.

O retorno do patrimônio líquido médio (ROAE) foi de 20% no 4T21, queda de 2,3 pontos percentuais em relação ao 3T21. O ROAE atingiu 21,2% em 2021, alta de 0,1 ponto percentual na comparação com 2020.

Segundo o banco, essa performance esta suportada pelo crescimento da base de clientes, atingindo recorde histórico na conquista, e principalmente pela maior vinculação destes clientes com o banco e pelo aumento da transacionalidade.

A carteira de crédito do Santander ficou em R$ 462,749 bilhões no final de dezembro de 2021, expansão de 12,4% na comparação com dezembro de 2020.

O índice de inadimplência atingiu 2,7% no 4T21, alta de 0,2 p.p. em relação ao 3T21.

Proventos

O Santander (SANB11) aprovou o pagamento de R$ 1,3 bilhão em dividendos intercalares, correspondentes a R$ 0,16595317205 por ação ordinária (ON), R$ 0,18254848926 por ação preferencial (PN) e R$ 0,34850166131 por unit.

Também aprovou a distribuição de Juros sobre o Capital Próprio (JCP), no montante bruto de R$ 1,7 bilhão, equivalentes a R$ 0,21701568653 por papel ON, R$ 0,23871725519 por PN e R$ 0,45573294172 por unit.

Os proventos aprovados serão pagos a partir do dia 4 de março de 2022.

Farão jus aos dividendos e aos JCPs os acionistas que se encontrarem inscritos nos registros do banco no final do dia 10 de fevereiro de 2022. Dessa forma, a partir de 11 de fevereiro de 2022, as ações da Companhia serão negociadas “ex-direitos”.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Manual dos Dividendos: inscreva-se e aprenda com o estrategista-chefe da XP uma estratégia simples e poderosa para viver de renda

Compartilhe