Guerra da Ucrânia

Rússia diz que pagou juros de dívida, mas não especifica se credores receberam

Ministro de Finanças do país sugeriu, anteriormente, que dívida seria paga com rublos, por conta de sanções

Por  Equipe InfoMoney -

O Ministério das Finanças da Rússia informou nesta quinta-feira (17) ter efetuado o pagamento de US$ 117,2 milhões em juros de títulos Eurobonds que venceram na quarta-feira, mas não deixou claro se os recursos foram recebidos pelos credores.

Em comunicado, o órgão explicou que fornecerá mais informações, em um momento não especificado, sobre se o Citi – agente responsável pela transação – recebeu o dinheiro. De acordo com o jornal Financial Times, um credor europeu disse ainda não ter embolsado os fundos.

Moscou ainda dispõe de um período de carência de 30 dias antes de entrar em default, de acordo com a Fitch. O Kremlin tem afirmado que as sanções ocidentais das quais é alvo, por conta da invasão da Ucrânia, dificultam o serviço da dívida soberana.

Metade das reservas estrangeiras russas – cerca de US$ 315 bilhões – foi congelada por conta das sanções impostas pelo Ocidente, motivadas pela invasão do país à Ucrânia. O ministro de Finanças de Putin, Anton Siluanov, chegou a sugerir anteriormente que as dívidas seriam pagam em rublos até o fim das sanções – o que, para as agências de classificação de risco, não deve ser suficiente.

Nas últimas semanas, as agências de classificação de risco cortaram a nota de crédito da Rússia para “junk”, apontando já a chance de calote. A Fitch, por exemplo, avaliou que a Rússia sofreu um “choque severo nos fundamentos de crédito”. A gravidade das sanções internacionais em resposta à invasão militar da Ucrânia aumentou os riscos de estabilidade, representa um grande choque para os fundamentos de crédito da Rússia e pode minar sua disposição de pagar a dívida do governo, aponta.

A Moody’s também destacou o aumento do risco de inadimplência da dívida soberana devido às sanções e “preocupações significativas em torno da disposição da Rússia de cumprir suas obrigações”. A S&P também cortou o rating do país no início do mês.

(Com Estadão Conteúdo)

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe